quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Resenha: Gata Branca - de Holly Black


Gata Branca
Mestres da Maldição - Livro 01
Holly Black
Editora Rocco - Jovens Leitores


Sinopse: Cassel vem de uma família de mestres da maldição – pessoas que têm o poder de mudar emoções, memórias e destinos com o mais leve toque das mãos. Mas fazer isso é ilegal, o que significa que todos eles são criminosos. Exceto Cassel. Ele não tem o toque mágico, está de fora: é o único filho normal em uma família paranormal. O único detalhe é que matou sua melhor amiga. Tentando fugir de seu terrível passado, Cassel faz de tudo para ser como os outros garotos. Uma noite, porém, tudo vai por água abaixo: depois de sonhar repetidas vezes com uma estranha gata branca, um ataque de sonambulismo o põe em perigo e ele começa a achar que seus irmãos estão escondendo mais do que alguns segredos. Desconfiado de que não passa de uma pequena peça de um grande golpe, Cassel começa então a fazer uma busca em seu passado e em suas memórias, que parecem lhe fugir. Para desvendar os mistérios de sua vida, ele vai precisar armar um verdadeiro golpe de mestre. 

Resenha

No mundo de Gata Branca as maldições são reais, a magia é algo comum. Mas essa magia é bem específica e somente pode ser praticada pelos Mestres da Maldição, podendo assumir diversas formas, magia de sorte, memória, emoções, morte, etc. Porém os Mestres só podem executar a magia através do toque de suas mãos nuas e sempre sofrem um rebote após usar a magia. Esse rebote varia de acordo com a magia executada e de mestre para mestre. Mas algo que é igual para todos, incluindo os não mestres, é o uso de luvas, sendo assim, não vestir luvas não é somente uma grosseria, pode ser também uma ameaça de morte, pois ninguém tem como saber quem pode lançar maldições com um simples toque.
E é nesse mundo que vive Cassel Sharpe, nosso protagonista. Todos da família de Cassel são Mestre, quer dizer… todos menos o Cassel. Isso mesmo, ele é o ovelha negra da família. O que pode ser irônico considerando-se que todos são golpistas, incluindo o Cassel.
Cassel sempre se sentiu excluído por ser o único não mestre, por isso ele resolveu que era melhor se manter longe da sua família complicada e viver como um estudante normal em um colégio interno. Mas não é tão fácil se afastar do seu mundo quando sua mãe está na cadeia, seu avô é um Mestre da Morte aposentado da máfia, seu irmão mais velho trabalha para a mesma máfia e você continua tendo flashs de quando matou sua melhor amiga, que era a filha do chefe da máfia. Nossa, quantos gângsteres!
"Eis a verdade essencial sobre mim: matei uma garota quando tinha 14 anos. Ela era minha melhor amiga e eu a amava. Mas eu a matei mesmo assim."
Seu plano parecia estar indo muito bem até que ele tem um suspeito ataque de sonambulismo enquanto sonhava que perseguia uma gata branca e quase cai do telhado do prédio onde fica o seu dormitório. Esse episódio é apenas o princípio do mistério e Cassel começa a perceber que a sua famíília está escondendo alguma coisa dele. Agora ele precisa descobrir o mistério sobre a gata branca antes que seja tarde demais.

A minha expectativa para ler esse livro era enorme e ele não me decepcionou. A leitura foi tão instigante que eu não consegui ir dormir enquanto não acabei de lê-lo, você simplesmente precisa saber o que acontece no próximo capítulo.
O livro é narrado em primeira pessoa pelo Cassel, o que eu particularmente amei. Afinal, livros narrados por garotos são sempre mais engraçados. Você será rapidamente capturado por esse mundo de maldições, gângsteres e golpes. Então já fica a dica, comprem logo o segundo porque você vai precisar dele quando terminar. Decididamente um 5 estrelas.

O livro foi publicado pela editora Rocco, no selo Jovens Leitores. A capa é similar a segunda edição publicada pela editora Margaret K. McElderry nos Estados Unidos, com pequenas diferenças. Eu acho a capa simples e sugestiva, ela dá destaque a três pontos importantes da estória: o Cassel (que eu suspeito ser diferente do modelo da capa, mas o meu cérebro resolver apagar qualquer referência que sugestionasse que o personagem não é igual), a gata branca e o uso de luvas pelos personagens. Dentre todas as capas das edições americanas, a Rocco escolheu a mais bonita, muito obrigada Rocco!!!
"Eu entendo. Eles estão se perguntando se fui enfeitiçado. Amaldiçoado. Não é um grande segredo que meu avô era um mestre da morte da família Zacharov. Ele tem cotocos enegrecidos onde costumavam ficar os dedos como prova disso. E se eles leem jornais, sabem sobre a minha mãe. Não é de estranhar que Wharton e Northcutt culpem as maldicões por toda e qualquer coisa estranha relacionada a mim."
Sobre a autora

Holly Black ficou mundialmente conhecida devido a sua série As Crônicas de Spiderwick, que contou também com a ilustração de Tony DiTerlizzi, também publicados pela editora Rocco. Essa série foi adaptada para o cinema em 2008 com o filme homônimo com co-produção da Paramount, que estreou em 21 de março no Brasil. Não existe expectativa que a série ganhará outros filmes.

Gata Branca é o primeiro livro de uma trilogia, que conta ainda com Luva Vermelha, já publicado no Brasil pela Rocco, e Coração Negro (tradução livre), infelizmente ainda não publicado por aqui. Holly Black trabalhou conjuntamente com outra autora que amo, Cassandra Clare no livro O Desafio de Ferro. Ela participou também do livro Shadowhunters and Downworlders: A Mortal Instruments Reader, ainda não publicado no Brasil, nesse livro, autores de YA escrevem sobre o mundo dos Caçadores das Sombras e do Submundo. Nem estou ansiosa por ele…



12 comentários:

  1. Resenha perfeita para um livro perfeito de uma resenhista Trolhamente perfeita em um blog Divo!

    Paty se superou na resenha, Amei!
    Bjs Paivinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém já está citando maze runner!!!! Bjs e super obrigada!

      Excluir
  2. Eu amei ler Boneca de Ossos da mesma autora porém é um livro mais infantil.... to louca para ler mais livros dela .... to louca para ler esse...amei a resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você precisa ler! Poderia ser o próximo livro...

      Excluir
  3. Gostei! Não conhecia a obra e achei bem empolgante. De fato, narrativa masculina é sempre recheada de alucinações e diversão.
    Ótima resenha, aliás, foi justamente ela que me atraiu uma família amaldiçoada!! Ui!!

    Bjim
    Ni

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que sempre digo! Nada melhor do que narrativa masculina!!!
      Você vai amar.
      Bjs!

      Excluir
  4. putz... querida paty... este livro sempre me deixou curioso e fui preterindo a leitura do mesmo, mesmo sabendo que na livraria aqui da cidade ele estava por 15,00. li sua resenha, dei um tempo e corri lá pra comprá-lo, pra minha decepção ele não estava mais lá. viu só o rebuliço que você provocou? parabéns pela resenha, incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim 15 reais?!?!?!?! OMG!!! Onde você mora? Preciso comprar livros aí!
      Obrigada por ter lido a minha resenha, eu amei muito esse livro e sem dúvidas o recomendo!

      Bjs!

      Excluir
  5. E lá se vai a minha promessa de não adicionar mais livros na leitura deste ano. Essa capa me chamou a atenção por conta dessa gata linda na capa, espero que a história faça jus a bela capa. Gostei da premissa, como disse, tá na lista. Agora é esperar pra ver se vou gostar tanto quanto você. Beijos. Parabéns pela resenha.
    http://miiheomundoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!!
      Algo me diz que você vai amar! Se eu fosse você abriria uma exceção para esse livro, não vai ser arrepender!
      Bjs!

      Excluir
  6. muito boa resenha e o livro me deu mas vontade de ler .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Leia sim, ele vale a pena! Muito bom!

      Bjs.

      Excluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor