quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Resenha: Métrica - de Colleen Hoover


MÉTRICA

Série: Slammed #1
Autora: Colleen Hoover
Páginas: 304
Editora: Galera Record

Métrica é um dos livros mais lindos que li esse ano. 
Com seus contrastes torna-se uma obra única.


Sinopse

O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor. 



Resenha

A autora Colleen Hoover ganha cada vez mais o coração dos Brasileiros com suas obras. Métrica é sutilmente lindo. Quando vi o nome do livro achei incomum, então fui pesquisar o seu significado, que é: um conceito relacionado ao ritmo de um poema, tendo uma ligação interessante com á estória. Após a leitura, entendi a imagem da chave na capa. Até porque toda chave sempre abre uma nova porta ou poeticamente pensando um novo recomeço. 

O livro é narrado por Layken, uma garota de 18 anos que vive um momento difícil em sua vida, após a morte do seu grande herói - Seu Pai. Seu relacionamento com a mãe não é tão ruim, mas também não é dos melhores. Devido diversos fatores, incluindo alguns um tanto marcantes no livro, a família deixa o estado do Texas, um lar de boas e maravilhosas lembranças. No novo, mas não adorado Lar em Michigan, Kel o irmão mais novo Layken, chega fazendo uma fofa amizade com vizinho da mesma idade Caulder, que tem um irmão de 21 anos com atributos marcantes, chamado Will Cooper (Esse nome marcou minha vida!). 
“Não acredito que estou mesmo me tornando uma dessas garotasque se derrete por um garoto. Odeio tanto isso. Começo a analisar suas feições com mais atenção, tentando encontrar algum defeito. Não encontro. Até agora, tudo nele é perfeito.” Pg.33
A atração entre Will e Layken é inevitável. Ele a convida para sair sem pensar duas vezes. Durante o encontro nada é previsível, até porque eles não querem. Através de Will, Layken tem o lindo prazer em conhecer o Slam, que seriam apresentações de poesias em que são interpretadas de diversas formas e o vale é o quanto de emoção é expressada.
“ – É poesia. – Ele sorri para mim. – É disso que gosto.
Será que ele está falando sério? Um cara que é gato, me faz rir e adora poesia?
Acho que estou precisando de um beliscão. Ou não... Vai ver é melhor não acordar.” Pg. 47
Duas famílias marcadas por suas próprias perdas criam um vinculo, tornando-se praticamente uma só. A linda amizade dos irmãos mais novos é sincera e inocente. E a mãe de Layken, Julia, torna-se ao longo da narrativa um exemplo de mulher, mãe e amiga. A carga de emoção que ela traz ao livro com ensinamentos de vida é perfeita. 
"Ampliem seus limites, é para isso que eles existem.
Este trecho roubei da sua banda preferida, Lake." - Pág. 298
Como inicio do relacionamento, tudo se encaixa perfeitamente entre eles. Mas és que surgi um limite em que há a necessidade de ser respeitado e diversos motivos que impendem a continuação do relacionamento. Com isso mais uma vez, o mundo de Lake desmorona e Will sentisse impedido de evitar tal sofrimento. Com o tempo, a convivência se torna difícil. Os dois tentam, às vezes sem sucesso, uma amizade harmoniosa e sem danos emocionais. Mas o sentimento ainda faz parte da vida deles e essa parte é maravilhosa em todo o livro.
"Assim que entro no quarto, me jogo na cama e choro. Apesar de ser uma coisa negativa, finalmente tenho a inspiração para o poema. Pego uma caneta e começo a escrever enquanto enxugo as lágrimas que mancharam o papel." - Pág. 123
MINHAS EMOÇÕES E IMPRESSÕES

O livro me fez criar expectativas e anseios em todos os beijos, os olhares, as demonstrações de ciúmes e carinhos, os abraços e todo o amor sentindo e a proteção que cada um tem. Senti uma tensão gostosa a cada encontro entre Will e Layken, posso dizer que é quase que palpável o sentimento deles. É impossível não se sentir emocionado.

Os personagens principais são apresentados divinamente estruturados e com intensa personalidade. A Layken é uma personagem aparentemente triste, mas forte e verdadeira. Nosso lindo e maravilhoso Will é um verdadeiro HOMEM com atitudes e ações. Ele possui uma postura encantadora. Sempre atencioso, amigo e corajoso. Os personagens secundários são perfeitos também. Cada um com seus questionamentos e aprendizados sobre o amor, a amizade, a vida e a perda. Recheado de poesia e recomeços. E apesar de falar muito sobre perdas, o livro nos mostra a importância da vida e como pequenos momentos são valiosos e às vezes deixamos passar despercebido. 
“As pessoas vivem tomando decisões espontâneas com base no coração. Mas os relacionamentos têm a ver com muitas outras coisas, não só com amor.” – Pág. 39.
Durante a minha leitura, minha mente era um turbilhão de reflexões. Emocionou-me ao pensar que por mais que a vida decida nos dar uma bofetada com a finalidade de mostrar quem está no comando, temos que aprender a levantar e seguirmos em frente. E mesmo com o sentimento de impotência, temos que desafiar nossos problemas e superar nossos limites. 

Fiquei surpresa e muito feliz em sentir minha leitura fluindo deliciosamente e tão rapidamente a cada página, que não conseguia desgrudar. Chorei em vários momentos do livro, sentimentos de todos os tipos se afloraram. Quando finalizei com os olhos lágrimas abracei o livro e continuei ali sentada, calada e emocionada, me dando ao prazer de sentir o misto de emoções maravilhosas que a leitura me proporcionou. 

Agradeço a Julia Portugal por me instigar a ler este livro no Clube do Livro. 

Princesa dedico essa resenha para você! Sabe que cê mora no meu core. ;-*

Se eu recomendo Métrica?! Super, mega, hiper recomendo!

Classificação


A DIVA DO NEW YORK TIMES
Colleen Hoover


Nossa amada Colleen Hoover vive no Texas, com o marido e os três filhos. Autora de Slammed e Point of retreat, ambos na lista de mais vendidos do New York Times. Em seu site, ela conta que nunca havia lido um romance antes de escrever Métrica. Hoje em dia, quando tem tempo de ler, opta por NA, YA e romances contemporâneos. Diz que não é uma pessoa emotiva e romântica. Por isso, escrever romances e fazer pessoas chorarem é muito estranho para ela. Tudo o que Colleen Hoover escreve é sucesso e tornando-se best-sellers. A popularidade se reflete nas redes sociais da autora. Fonte: colleenhoover.com

Já está disponível nas livrarias a continuação de Métrica!

PAUSA
Slammed #2


Sinopse

Depois de testado por tragédias, proibições e desencontros, o relacionamento de Layken e Will enfrenta novos desafios. Talvez a poesia desse casal acabe num verão solitário... Sem direito a rimas ou ritmo. A ex-namorada de Will retorna arrependida de ter deixado o rapaz. E está disposta a tudo para reconquistá-lo. Insegura, Layken começa a ler novas reações no comportamento do rapaz. Presos em uma ironia cruel do destino, eles precisam descobrir se o que sentem é verdadeiro ou fruto da extraordinária situação que os uniu. Será que é amor? Ou apenas compaixão? Layken passa a questionar a base de seu relacionamento com Will. E ele precisa provar seu amor para uma garota que parece não conseguir parar de "esculpir abóboras". Mas quando tudo parece resolvido, o casal se depara com um desafio ainda maior - e que talvez mude não só suas vidas, mas também as vidas de todos que dependem deles.



Galera Record que tal proporcionar o prazer de uma 
Sessão de autógrafos com a Diva Colleen Hoover 
no Brasil?! #FicaDica

13 comentários:

  1. FIQUEI IMPRECIONADA C/ A RESENHA ,MTO BOA E CURIOSA P/ LER MÉTRICA.

    ResponderExcluir
  2. Amei esse livro também, li por sua causa. Bjd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora Dani tem ler pausa e Borboletar junto com quem já leu! Cê vai entender... bjs

      Excluir
  3. querida paty, quando o livro nos prende assim, de forma que esquecemos de tomar café, banho ou trabalho (tse) é porque nos identificamos! daí não adianta as pessoas nos falarem que não gostou e tal, ele é a nossa cara e pronto. gosto do tema "perda"... perda de um ente querido, perda do amor, perda... perda. como enfrentá-la é a grande questão e se este livro nos dá pista, então deve ser lido. bela dica, bela resenha!

    ResponderExcluir
  4. Ainnnn… o livro agora vai furar fila, PRECISO LER AGORA!!!!
    Parabéns pela resenha, maravilhosa!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia logo Paivinha! Bjs
      E é com pressão pra ler sim.

      Excluir
  5. Owww, que resenha maravilhosa! Realmente Métrica é um livro perfeito a cada página e se ainda não leu, leia.
    E muito obrigada pela dedicatória Paty, você também mora no meu coração!

    ResponderExcluir
  6. Sempre enamorei este livro, uma capa simples, no entanto, misteriosa.
    Foi v]bom conhecer um pouco de Métrica através de seus olhos, de sua resenha. Gostei do vi e já estou incluindo na minha lista de desejados.
    Parabéns pela ótima resenha!
    Ni

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E Nizy prepare os lencinhos!
      Pq é emocionante. Bjs

      Excluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor