terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Resenha Belo Desastre - de Jamie McGuire


Belo Desastre
Autor(a) : Jamie McGuire
Editora VerusNº de páginas : 389
Minha música tema : Thing For You - Hinder / Truly Madly Deeply - Savage Garden
Classificação 4,5 / 5


Porque os badboys são sempre os melhores. Se apaixone e irradie amor por esse delicioso desastre.

Sinopse : Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Resenha

Devo dizer que esse foi meu primeiro New Adult e não me arrependo em nenhum minuto, porque a história de Abby e Travis me abriu os olhos para o que viera a se tornar talvez o meu gênero favorito.
Juro que desde o momento em que vi a capa em uma feira de livros eu  me apaixonei. Eu prometi a mim mesma que deveria ter esse livro ou nada.


“ No momento em que nos conhecemos, algo dentro de nós dois mudou e, o que quer que tenha sido, fez com que precisássemos um do outro. Por motivos que eu não conhecia, eu era a exceção na vida dele, e, por mais que eu tentasse lutar contra os meus sentimentos, ele era a minha.”


hahahah sim, foi exatamente isso que eu pensei na hora, e quando me perdi nas páginas, percebi que minha intuição estava certa.
Abby é aquela garota boazinha e no começo do livro um pouco sem sal. Mas, ao longo da trama depois que o Sr. Maddox entra em sua vida, ela se mostra mais ousada e carismástica. Porém, ela é do tipo de personagem que me deixa a beira dos nervos. Porque as incertezas dela e suas decisões mexem comigo. Na maior parte do livro eu queria esganá-la.

“ - Abigail! Não estou defendendo o Travis, sua imbecil! Me preocupo com você! Vocês são loucos um pelo outro! Faça alguma coisa a respeito!

- Como eu posso pensar em ficar com ele?- lamentei. - Você devia tentar me manter longe de pessoas como ele!”

E então tem o Travis. Cachorro Louco, perigoso, irresistivelmente atraente e com aquele ar de bad boy com um coração maior que seu próprio peito. 
Eu o amei desde suas primeiras frases e aparições. Sério, sem pestanejar eu o aceitaria em minha vida. Mesmo com o fato de ser cabeça dura, impulsivo e intenso.

“-  Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que eu sempre esperei,Beija Flor.”

Confesso que adoro os personagens secundários do livro - America foi meu amorzinho loira ! e o fato de ter um personagem chamado Brazil me animou mais ainda - a única coisa me desapontou um pouco foi o “mistério” que rondava o passado de Abby. Só mostrou que ela não é nenhuma santa que usa belos cardigãns. Mas, eu sei lá, apenas esperava algo um pouco mais tenebroso ou algo do tipo.

“ - É perigoso precisar tanto assim de alguém. Você está tentando salvar o Travis e ele espera que você consiga. Vocês dois são um desastre.”

Tirando isso, o livro se tornou um dos meus amores, tanto que eu sentia que devia compartilhá-lo com o mundo. Todos TINHAM que amar Travis como eu ! - apesar de agora, eu ficar um pouco enciumada -. Eu o mostrei para meu círculo de amigas e agora tenho beija flores rondando-me a todo momento.

“- Acabou. Vai para casa.
 - Você é minha casa.”

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Resenha - John Harding - A menina que não sabia ler

A menina que não sabia ler

John Harding 
Editora Leya

Sinopse

1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?

Book Trailer


Resenha

O livro é ambientado em 1891 na Nova Inglaterra, narrado em primeira pessoa por Florence, uma menina órfã de 12 anos que vive em uma mansão com o seu meio irmão Giles e os empregados. O detentor daguarda das crianças é o tio que vive em Nova York. Sabe-se que a mãe de Florence morreu no parto, seu pai e sua nova esposa morreram em um acidente deixando Giles e Florence órfãos.

O tio de Florence, o qual ela nem conhece, a proibiu de ser alfabetizada, mas acontece que um belo dia Florence descobre a biblioteca da casa e fica completamente fascinada e pede para que a governanta da casa a ensine a ler, mas ela não cede devido às proibições do tio de Florence. Então Florence começa a perguntar um dos empregados da casa o som das letras enquanto ele lê jornal e com o tempo aprende a ler sozinha e vive escondida na biblioteca devorando os livros e cada vez mais encantada com as estórias. Se você está pensando que esse livro será parecido com A menina que roubava livros está redondamente enganado pois o foco aqui não é o amor da menina pelos livros e sim uma estória cheia de suspense e bastante sombria.

Agora que você já está mais um pouco ambientado que se trata a trama, vamos falar do suspense, Giles vai estudar em um internato mas acaba não se adaptando e volta para casa para estudar com uma preceptora, que acaba morrendo no lago. Quando a preceptora substituta chega Florence começa a perceber algo de estranho nela e coisas estranhas começam acontecer, ela recorre ao investigador da morte da preceptora para pedir ajuda com a relação a misteriosa mulher.

Um importante personagem na trama é Theo, um amigo vizinho que é apaixonado por Florence, ele a visita todos os dias quando não está no internato, sofre de asma e tem várias crises, no início Florence o detestava por atrapalhar suas leituras escondidas, mas com o tempo Theo a ensina a patinar no lago congelado e ela acaba descobrindo nele um grande amigo em quem pode confiar e ajudá-la a se proteger da megera da preceptora.

Minhas impressões

Quando descobri do que se tratava esse livro eu simplesmente parei tudo para ler, pois eu achava que seria um drama e não um livro sombrio, e confesso que esse foi um livro que o final me deixou no início de boca aberta com a ousadia do autor e depois fui interligando os fatos que autor jogou ao decorrer do livro e achei a trama simplesmente sensacional. Vi muitas críticas negativas desse livro, mas percebi que as pessoas esperavam uma outra estória e acabavam se frustrando por não ser o que esperavam e outras não conseguiram entender o grande mistério do livro, pois o autor não é daqueles que fazem um final redondinho e com as explicações nos mínimos detalhes, mas se o leitor prestar atenção ao detalhes tudo está explicado nas entrelinhas e também o leitor deve ter em mente que quem está narrando é a Florence e tudo que nos é apresentado é a sua percepção dos fatos. Outro fato que não agradou muito aos leitores foi chocante final, que realmente é difícil aceitar, mas eu achei o final sensacional, fechou a trama muito bem.

Mal acabei a leitura corri para começar a continuação A menina que não sabia ler vol.2, já estou na metade e super envolvida, em breve volto aqui para postar minhas impressões. Fiquei fascinada com a escrita do autor que é bastante fluída e envolvente. Com certeza para mim foi um livro 5 estrelas e entrou para lista de favoritos.

Classificação





sábado, 27 de dezembro de 2014

Lançamentos das Editoras Arqueiro, Sextante e Saída de Emergência - Janeiro/2015

Feliz ano novoooooooooo!!
Livros novos pra vocês!!

Abrindo alas para apresentar os lançamentos de janeiro da Editora Sextante e os selos Arqueiro, Jangada e Saída de Emergência. Confiram.


SIMPLES PERFEIÇÃO
ABBI GLINES
EDITORA ARQUEIRO

Você abriria mão da sua felicidade pelo amor da sua vida?

Sinopse: “Simples perfeição é intenso e emocionante. Além do calor e do romance característicos de Abbi Glines, o livro proporciona duros golpes que mudarão não só a vida de Woods e Della, mas de toda a cidade de Rosemary.” – The Autumn Review

Woods teve sua vida traçada desde o berço. Cuidar dos negócios da família, casar com a mulher que os pais escolheram, fingir que riqueza e privilégios eram tudo de que ele necessitava. Então a doce e sensual Della apareceu e conquistou seu coração, abrindo seus olhos para um novo futuro.

A vida do casal seguia para um final feliz, até acontecer um imprevisto: a morte do pai de Woods. Da noite para o dia, o rapaz herda o império Kerrington e, embora sempre tenha almejado essa posição, precisará de toda ajuda possível para provar que está à altura de tanta responsabilidade.

Della está determinada a ser o apoio de que Woods necessita, mas os fantasmas do passado ainda estão presentes e mais intensos do que nunca. Pressionada pela ex-noiva e pela mãe de Woods, ela toma a decisão mais difícil de sua vida: abdicar da própria felicidade pelo homem que ama.

Mas os dois terão a força necessária para seguir em frente um sem o outro?

Concluindo a sedutora história de Woods e Della, Simples perfeição é o romance mais surpreendente de Abbi Glines e mostra que encontrar alguém pode ser um golpe do destino, mas descobrir a perfeição ao lado dessa pessoa requer aceitar a si mesmo e superar os piores obstáculos a dois.

Lançamento previsto para 16/01


MORTE INVISÍVEL
LENE KAARERBOL e AGNETE FRIIS
EDITORA ARQUEIRO

"Morte invisível" é a continuação de "O menino da mala", livro publicado em 27 países, e também é protagonizado pela enfermeira Nina Borg.

“Kaaberbøl e Friis retornam com uma continuação irresistível de O menino da mala. Trazendo uma trama intricada, personagens atraentes e um desfecho tenso, este ousado thriller estabelece as autoras no panteão
dos romances policiais escandinavos.”
– Library Journal

“Morte invisível é impactante. Uma história que acelera em direção a um final épico, que deixa o leitor ao mesmo tempo chocado e maravilhado. Um livro imperdível.” – Book Reporter

Sinopse: Em meio às ruínas de um hospital militar soviético no norte da Hungria, Pitkin e Tamás procuram antigos suprimentos e armas que possam vender no mercado negro, até que acabam encontrando algo mais valioso do que poderiam imaginar.

Ali está a esperança dos meninos ciganos de deixar a pobreza, de quitar as dívidas da família, quem sabe de se livrar um pouco do preconceito que sofre o seu povo. Porém, suas boas intenções podem provocar a morte de um número alarmante de pessoas.

Na Dinamarca, a enfermeira Nina Borg também se preocupa com o bem-estar dos desfavorecidos, e por isso colocará sua vida em risco mais uma vez. Chamada às pressas para cuidar de um grupo de ciganos húngaros, ela descobre uma doença misteriosa que se espalha de forma implacável. Ao investigar o caso, percebe que há algo de podre em toda aquela história, um segredo perigoso, guardado a sete chaves pelos imigrantes, que pode envolver terrorismo e fanatismo.

Nesta continuação de O menino da mala, Nina acabará colocando sua família na mira de criminosos e se verá diante de uma crise sem precedentes que mobilizará o país.

Lançamento previsto para 16/01

A MÚSICA DO SILÊNCIO
PATRICK ROTHFUSS
EDITORA ARQUEIRO

“Talvez você não queira comprar este livro. Eu sei, não se espera que um autor diga esse tipo de coisa. Mas prefiro ser honesto com você logo de saída. Acho justo avisar que esta é uma história um pouquinho estranha. Não gosto muito de dar spoilers, mas basta dizer que esta aqui é... diferente. Não tem um monte de coisas que se espera de uma história clássica.
Por outro lado, se você gosta de palavras e mistérios e segredos, este livro tem muito a lhe oferecer. Se sente curiosidade sobre os Subterrâneos e a alquimia. Se deseja conhecer melhor os meandros ocultos do meu mundo...
Bem, nesse caso, talvez este livro seja para você.” – Patrick Rothfuss

Debaixo da Universidade, bem lá no fundo, há um lugar escuro. Poucas pessoas sabem de sua existência, uma rede descontínua de antigas passagens e cômodos abandonados. Ali, bem no meio desse local esquecido, situado no coração dos Subterrâneos, vive uma jovem.

Seu nome é Auri, e ela é cheia de mistérios.

A música do silêncio é um recorte breve e agridoce de sua vida, uma pequena aventura só dela. Ao mesmo tempo alegre e inquietante, esta história nos oferece a oportunidade de enxergar o mundo pelos olhos de Auri. E nos dá a chance de conhecer algumas coisas que só ela sabe...

Neste livro, Patrick Rothfuss nos leva ao mundo de uma das personagens mais enigmáticas da série As Crônicas do Matador do Rei. Repleto de segredos e mistérios, A música do silêncio é uma narrativa sobre uma jovem ferida em um mundo devastado.

Lançamento  previsto para 05/01


PAIXÃO AO ENTARDECER
Os Hathaways 5
LISA KLEYPAS
EDITORA ARQUEIRO

“Personagens incríveis, cheios de nuances, espirituosos e com uma química incontrolável.” – Booklist

Sinopse: Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança.

Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles.
Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga.

A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio.

Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles.

De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.

Lançamento para 16/01

A LINGUAGEM DAS FLORES
VANESSA DIFFENBAUGH
EDITORA ARQUEIRO

Sinopse: Victoria Jones sempre foi uma menina arredia, temperamental e carrancuda. Por causa de sua personalidade difícil, passou a vida sendo jogada de um abrigo para outro, de uma família para outra, até ser considerada inapta para adoção. Ainda criança, se apaixonou pelas flores e por suas mensagens secretas. Quem lhe ensinou tudo sobre o assunto foi Elizabeth, uma de suas mães adotivas, a única que a menina amou e com quem quis ficar... até pôr tudo a perder. Agora, aos 18 anos e emancipada, ela não tem para onde ir nem com quem contar. Sozinha, passa as noites numa praça pública, onde cultiva um pequeno jardim particular. Quando uma florista local lhe dá um emprego e descobre seu talento, a vida de Victoria parece prestes a entrar nos eixos. Mas então ela conhece um misterioso vendedor do mercado de flores e esse encontro a obriga a enfrentar os fantasmas que a assombram. Em seu livro de estreia, Vanessa Diffenbaugh cria uma heroína intensa e inesquecível. Misturando passado e presente num intricado quebra-cabeça, A linguagem das flores é essencialmente uma história de amor – entre mãe e filha, entre homem e mulher e, sobretudo, de amor-próprio.

 
UMA CASA NO MEIO DO CAMINHO
BARRY MARTIN e PHILIP LERMAN
EDITORA SEXTANTE

De Barry Martin e Philip Lerman: Uma casa no meio do caminho – Como a amizade com uma velhinha durona mudou a minha vida

Sinopse: “Muitas vezes o amor surge onde menos se espera e mais é necessário. Este livro encantador é um testemunho do poder da amizade, por mais diferentes que os amigos sejam. Não consegui parar de lê-lo.” – Dr. David Dosa, autor de O incrível dom de Oscar

Um enorme shopping estava prestes a ser construído na cidade americana de Seattle, mas no meio do terreno havia a casinha de Edith Wilson Macefield, uma velhinha durona que estava decidida a não arredar pé dali. Quando o responsável pela obra, Barry Martin, foi conversar com ela, todos acreditaram que iria convencê-la a mudar de ideia. Mas estavam redondamente enganados.

Nesta emocionante e singela história real — que serviu de inspiração para uma campanha de divulgação do filme Up: Altas aventuras —, Barry conta como nasceu a inusitada amizade entre ele e Edith, e as lições de vida que aprendeu com ela.


COMO ENFRENTAR A VIOLÊNCIA VERBAL
PATRÍCIA EVANS
EDITORA SEXTANTE

Sinopse: Escrito por uma consagrada especialista no assunto, Como enfrentar a violência verbal discute o potencial dano do abuso verbal nos relacionamentos. Em uma linguagem simples e objetiva, Patricia Evans ajuda o leitor a identificar um relacionamento problemático e mostra a melhor forma de modificar ou de se libertar de uma relação tóxica. Baseando-se em centenas de situações reais, o livro destrincha os quinze tipos mais comuns de abuso verbal e oferece estratégias e planos de ação efetivos para ajudar o leitor a superar essa realidade tão dolorosa e comum nas relações afetivas. 



Boas compras!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Promoção de Férias e Ano Novo!

Sorteio Férias e Ano Novo 
O Ano está terminando e junto com ele temos as festas e as férias!!
Para comemorar, 14 blogs se juntaram e vão fazer neste fim de ano uma super festa de livros para vocês, queridos leitores.

Quer participar? É muito fácil, basta seguir as regras de cada formulário.
* Curtir as páginas de cada blog no Facebook;
* Deixar um comentário com seu nome + e-mail para contato.
O restante são chances extras!
Sorteio Férias e Ano Novo
Vitrine de Promoções – Manuscritos do Mar Morto
Arquivo Passional – O Amor está no Ar
Perdidas na Biblioteca – Meu Hamster é um astronauta
Escuta Essa – Escola dos Sabores
Saleta de Leitura – Dizem por aí

a Rafflecopter giveaway

kit 02 - Sorteio Férias e Ano Novo
Razão e Resenha – Dente por Dente
Leituras da Paty – Rose e o fantasma Prateado
Magias Book – Louca para Casar
Cia do Leitor – Como Falar com um Viúvo

a Rafflecopter giveaway


kit 03 - Sorteio Férias e Ano Novo
O que tem na nossa estante – Maluca por você
Mural dos Livros – Sexo na Lua
Fábrica dos Convites – Lições de Vida
a Rafflecopter giveaway


kit 04 - Sorteio Férias e Ano Novo
Ponto Livro – Twittando o Amor
Seja Cult – A Biblioteca Perdida

a Rafflecopter giveaway

Observações: 

► O Período de inscrição será do dia 26/12/2014 a 30/01/2015;
► Para se inscrever é necessário preencher corretamente as entradas obrigatórias no formulário do Rafflecopter. As demais entradas são opcionais, mas lembre-se, quanto mais entradas preencher, mais chances de ganhar;
► É obrigatório residir ou ter endereço de entrega em território nacional;
► Cada Blog é responsável pelo envio do seu respectivo prêmio;
► O prazo de envio dos prêmios será de 60 dias após a divulgação do resultado;
► Serão 04 vencedores, seguindo a ordem da imagem de cada kit;
► Não nos responsabilizamos por extravio dos correios e endereços incorretos;
► Não serão aceitos perfis promocionais.

Boa sorte Pessoal!

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Resenha Dupla - Proibido - de Tabitha Suzuma


Proibido
Tabitha Suzuma
Editora Valentina

Sinopse:
Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã.
Mas será que o mundo receberá de braços abertos aqueles que ousaram violar um de seus mais arraigados tabus? E você, receberia?
Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade. 

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Resenha - Liz Coley - Pretty Girl-13


Pretty Girl-13
Liz Coley
Editora Benvirá


Sinopse:

Três anos se passam, e Angie Chapman reaparece sem qualquer lembrança desse período. Como se o tempo tivesse parado. Ela ainda acredita ter treze anos e insiste que dali a três semanas vai para o oitavo ano. Angie não se reconhece na imagem da garota alta e magra que aparece refletida no espelho toda vez que se olha. E nem faz ideia do que são aquelas marcas e cicatrizes no seu corpo. Pretty Girl – 13 um mistério psicológico fascinante e perturbador em que a garota Angie tem de juntar os flashes de sua memória para descobrir a sua verdadeira identidade, ou seriam identidades?







Resenha

O livro conta a história de Angie, uma menina de 16 anos que ficou 3 anos desaparecida e retorna para casa como se nada tivesse acontecido, como se esses três anos não tivessem acontecido.

O que ocorre é que Angie bloqueou sua mente após o trauma do sequestro e sua psicóloga descobre que ela está sofrendo de TDI (Transtorno Dissociativo de Identidade), onde ela possui algumas identidades dentro de sua mente que se revelam em hipnose, e muitas vezes assumem o comando da mente de Angie.

"O transtorno dissociativo de identidade, originalmente denominado transtorno de múltiplas personalidades, conhecido popularmente como dupla personalidade, é uma condição mental onde um único indivíduo demonstra características de duas ou mais personalidades ou identidades distintas, cada uma com sua maneira de perceber e interagir com o meio. O pressuposto é que ao menos duas personalidades podem rotineiramente tomar o controle do comportamento do indivíduo. O critério de diagnóstico também leva em consideração perdas de memória associadas, geralmente descritas como tempo perdido ou uma amnésia dissociativa aguda."

O livro é simplesmente incrível, Angie simplesmente bloqueia toda sua lembrança sobre seu sequestro, e volta para casa três anos depois achando que ainda tem 13 anos, e não consegue nem sequer ver as mudanças causadas no seu corpo.

A trama vai desenvolver aos poucos tudo que descadeou essa doença psicológica em Angie, levando o leitor aos mais obscuros traumas por ela sofridos, que vão muito além do sequestro, traumas de toda uma vida.

Eu gostei tanto desse livro que devorei ele em poucos dias, um livro que causa angústia, curiosidade e medo, você vai simplesmente entrar de cabeça nessa trama junto com a protagonista e sofrer junto com ela ao descobrir tudo que ela passou e entender o motivo dela ter desenvolvido esse bloqueio mental. 

O livro primeiramente me atraiu pela capa que achei linda, quando fui lendo a sinopse me interessei mais ainda pois adoro assuntos que envolvam terror psicológico e posso dizer que o livro atendeu as minhas expectativas. 

A narrativa é ótima faz o ler o livro rapidamente e querer saber um pouco mais sobre essa doença. Gostei muito dos personagens e a protagonista me conquistou, aos poucos vamos entendendo seus medos mergulhando em seu passado. 

Recomendo muito a leitura, daria um ótimo filme. 

Classificação




Book Trailer





domingo, 21 de dezembro de 2014

Adaptações Literárias para Janeiro de 2015


Adaptações Literárias para Janeiro de 2015 


Eu sou fissurada em adaptações literárias e estou sempre ligada nessas novidades, então gostaria de dividir com vocês o que teremos para o próximo mês nas telonas.


Dia 08/01 - estreias:

Simplesmente Acontece 

Sinopse: 

O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.





Trailer e Cartaz do filme



Elenco: Sam Claflin, Lily Collins, Tamsin Egerton
Direção: Christian Ditter
Gênero: Comédia Romântica


Livre 

Sinopse:

Aos 22 anos, Cheryl Strayed achou que tivesse perdido tudo. Após a repentina morte da mãe, a família se distanciou e seu casamento desmoronou. Quatro anos depois, aos 26 anos, sem nada a perder, tomou a decisão mais impulsiva da vida: caminhar 1.770 quilômetros da Pacific Crest Trail (PCT) – trilha que atravessa a costa oeste dos Estados Unidos, do deserto de Mojave, através da Califórnia e do Oregon, em direção ao estado de Washington – sem qualquer companhia. Cheryl não tinha experiência em caminhadas de longa distância e a trilha era bem mais que uma linha num mapa. Em sua caminhada solitária, ela se deparou com ursos, cascavéis e pumas ferozes e sofreu todo tipo de privação. 

Em Livre, a autora conta como enfrentou, além da exaustão, do frio, do calor, da monotonia, da dor, da sede e da fome, outros fantasmas que a assombravam. “Todo processo de transformação pessoal depende de entrega e aceitação”, afirma. Seu relato captura a agonia, tanto física quanto mental, de sua incrível jornada; como a enlouqueceu e a assustou e como, principalmente, a fortaleceu. O livro traz uma história de sobrevivência e redenção: um retrato pungente do que a vida tem de pior e, acima de tudo, de melhor. 

Trailer e Cartaz do filme



Elenco: Reese Witherspoon, Gaby Hoffmann, Laura Dern.
Direção: Jean-Marc Vallée.
Gênero: DRAMA



Dia 15/01 - estreias:

Invencível

Sinopse:

Louis Zamperini era um delinquente juvenil que invadia propriedades, brigava e fugia de casa. Adolescente, descobriu o atletismo, esporte que o levou para as Olimpíadas de Berlim em 1936, chamando a atenção, por sua velocidade, de ninguém menos do que Adolf Hitler. Com a II Guerra Mundial, Louis alistou-se no exército americano, tornando-se tenente e servindo como bombardeiro. Em maio de 1943, Louis partiu em uma missão de resgate. Em algum ponto do Pacífico, os motores de seu avião pararam de funcionar. A aeronave caiu no oceano, deixando Louis e dois outros homens confinados a um pequeno bote. Vagando por semanas e milhares de quilômetros, enfrentaram fome e sede desesperadores, tubarões pulando no bote, um ataque de um bombardeiro japonês e um tufão com ondas gigantes. Finalmente avistaram uma ilha, e, conforme remavam até ela, sem perceberem, um navio militar japonês se aproximava. A jornada de Louis tinha apenas começado. Invencível é o relato da ousadia, persistência e ingenuidade de um homem que se recusou a ser vencido, em uma biografia premiada e assinada por uma autora reconhecida por seu material de não-ficção. Com uma narrativa intensa, é um retrato da coragem humana e a resiliência de um indivíduo extraordinário. 

Trailer e Cartaz do filme





Elenco: Jack O´Connell (II), Domhnall Gleeson, Garrett Hedlund.
Direção: Angelina Jolie.
Gênero: DRAMA


Sete dias sem fim

Sinopse

Judd Foxman pode reclamar de tudo na vida, menos de tédio. Em questão de dias, ele descobriu que a esposa o traía com seu chefe, viu seu casamento ruir e perdeu o emprego. Para completar, seu pai teve a brilhante ideia de morrer. Embora essa seja uma notícia triste, terrível mesmo é seu último desejo: que a família se reúna e cumpra sete dias de luto, seguindo os preceitos da religião judaica.

Então os quatro irmãos, que moram em diversos cantos do país, se juntam à mãe na casa onde cresceram para se submeter a essa cruel tortura. Para quem aprendeu a vida inteira a reprimir as emoções, um convívio tão longo pode ser enlouquecedor.

Com seu desfile de incidentes inusitados e tragicômicos, Sete dias sem fim é o livro mais bem-sucedido de Jonathan Tropper. Uma história hilária e emocionante sobre amor, casamento, divórcio, família e os laços que nos unem – quer gostemos ou não.

Trailer e Cartaz do filme




Elenco: Jason Bateman, Tina Fey, Jane Fonda
Direção: Shawn Levy.
Gênero: Comédia / Drama



Dia 22/01 - estreia:

A teoria do tudo


Sinopse:

A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen.

Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único.

Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida. O livro que inspirou o emocionante filme A Teoria de Tudo.

Trailer e Cartaz do filme




Elenco: Eddie Redmayne, Felicity Jones
Direção: James Marsh
Gênero: Biografia, Drama




E aí, gostaram??? Quero ver e ler todos, nos conte qual você mais se interessou?



sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Resenha: Redenção - Livro Um: Legionella - de M.A. Costa


Redenção
Livro Um: Legionella
M.A. Costa
Editora Livros Ilimitados


Sinopse: Peter Brose nunca desejou ser um herói, mas o destino reserva para ele a missão de evitar a maior tragédia já enfrentada pela humanidade. Ambientado num futuro próximo, em uma época em que seres humanos vivem por 200 anos, Redenção - livro: Legionella é um eletrizante thriler policial recheado de ação e muito suspense, ficção científica para quem tem nervos de aço.

Resenha

A resenha de hoje é do lançamento Rendenção - Legionella, cujo o livro eu ganhei do autor que é super simpático! 
Redenção se inicia em "alguns" séculos a frente do nosso tempo. E como você pode imaginar, nesse futuro há grandes diferenças tecnológicas, políticas e culturais quando comparamos com nossos tempos atuais. Os seres humanos estão vivendo muito mais, por cerca de 200 anos. O cenário político se alterou completamente, e isso inclui as organizações dos países como um todo. Os blocos políticos se expandiram e evoluíram. Outras alterações marcantes nesse futuro é a medicina extremamente avançada e a tecnologia. Nesse novo cenário a fome e as guerras são algo que não existem mais, e a Terra desfruta de uma relativa paz.

A história da humanidade muitas vezes se repete: os mouros conquistando os cristãos. Os cristãos conquistando os mouros. Os negros sendo escravizados. Os judeus sendo perseguidos e exterminados.

E é nesse futuro que nós temos Peter Brose. Peter, uma americano comum cuja profissão nós podemos dizer que é de um investigador digital, vem vivendo sua vida calmamente no Brasil com sua esposa Mirtes, virologista e geneticista,  quando um telefonema abala e muda completamente seu futuro. Algo terrível havia acontecido em Nairóbi, um vírus no abastecimento de água estava matando milhares, senão milhões de pessoas. E ao que tudo indica, isso não foi um acidente. O vírus fora introduzido.

E assim, simples assim, entramos na linha de frente de uma guerra silenciosa e cruel. Em uma hora um aerocarro oficial buscava a Mirtes em casa. A vida mudaria. Tudo ficaria mais difícil a partir daí.

E como se isso não fosse ruim o bastante, outro aspecto desconcertante fica cada vez mais claro, esse vírus tem alvos específicos. O vírus parece ter sido desenvolvido por xenófobos puristas e por isso ele apenas afeta indivíduos com uma certa genética e sua mortalidade é inacreditável, somente 12 horas são necessárias para levar alguém à óbito. E justamente por causa desse cenário tão alarmante que Mirtes é convidada a fazer parte da força tarefa de cientistas que vão trabalhar na cura. Mas rapidamente outros fatores ficam cada vez mais claros. Não basta apenas encontrar uma cura, é de vital importância identificar os culpados por esse terrível ataque o quanto antes.

A guerra não era contra países, povos, ou raças. Não era de brancos contra negros ou amarelos contra brancos. Não eram ricos contra pobre nem de partido político A contra partido político B. Era de um grupo genético contra o mundo. Era de quem se achava escolhido na loteria genética contra todos nós.

E é nesse momento que Peter começa a fazer parte da investigação. Devida a sua especialização em investigação digital e psicologia digital, ele fica responsável por encabeçar a investigação que busca as origens do ataque. Porém conforme vai avançando nas investigações, Peter começa a perceber que isso não será uma tarefa nada fácil. Com praticamente nenhuma pista ele parte em busca do misterioso grupo que assumiu a autoria do atentado: PPP. E é claro que tais criminosos não iriam ficar parados esperando serem capturados, então rapidamente Peter se encontra em situações extremas, correndo contra o relógio, para identificar e prender esses infames terrorista. O que ele não sabia era que esse ataque era apenas o começo…

Sem pensar, viro a S&W em sua direção e aperto o botão sem largar. Zzz, zzz, zzz. Balins após balins impactam o sujeito antes que ele consiga disparar a arma em minha direção. Ele cai com o dedo no gatilho disparando contra a parede, o chão, todos os lugares.
Ele cai sobre mim. Imóvel. Matei um homem. Matei pela primeira vez.

Redenção é narrado em primeira pessoa, como se fosse um diário de Peter, contando os eventos do passado dele. Ele é um bom livro sci-fi e eu o recomendo, porém tem algo que senti muita falta mesmo nesse livro: os diálogos. O livro é muito focado na figura do Peter e por isso nenhum outro personagem foi muito desenvolvido. Existem poucos diálogos no livro, pois o mesmo é baseado somente na narrativa do Peter sobre todos os eventos. Também existiram algumas partes no livro que eu não vi ter impacto sobre a estória, pequenas narrações sobre o passado, mas talvez eu esteja enganada e isso afinal seja importante para os próximos livros. O livro começa um pouco mais devagar e depois vai ganhando um ritmo mais corrido. Esse é um livro bem detalhista que explica claramente os aspectos desse futuro. Eu achei que o epílogo (juro que não vou dar spoilers!!!) poderia dar um livro por si só, se fosse mais desenvolvido, é claro. Quem sabe um dia?
Sobre o trabalho gráfico do livro, a capa obviamente é divina! Mas além da capa, todo o trabalho gráfico é nota mil. É uma edição muito bem feita, você percebe a dedicação em fazer um bom trabalho nesse livro. As páginas são grossas e antes de todos os capítulos existe uma foto que exemplifica o futuro. A Livros Ilimitados está de parabéns. Porém eles pecaram na revisão do livro, pois encontrei alguns erros de digitação. Dei 3 estrelas para esse livro e vou estar aguardando o segundo livro, que ao que tudo indica será publicado por volta de novembro de 2015. O nome será Redenção - Livro Dois: Sobrevivendo, e devo dizer que pelo o que li no epílogo, o livro 2 vai ser ainda melhor. Boa leitura e divirtam-se!

Essa guerra não disparou uma bala. Não foi lançado um míssil. Foi uma guerra silenciosa. E, exatamente por isso, muito mais vil. Muito mais perigosa.

Sobre o autor

M.A. Costa é um apaixonado por ficção científica e terror. Desde sua adolescência seus heróis têm sido escritores - os idealizadores de universos paralelos, visionários de futuros próximos e distantes, transformadores do impossível em possível. M.A. Costa segue a mesma escola de H.G. Wells, Isaac Asimov, Arthur Clarke e Stephen King apenas para citar alguns. Na série Redenção, o autor dá asas à sua imaginação mais "doentia" ao escrever de forma cuidadosa e moderna uma história recheada de suspense e ação. Em um futuro plausível, os piores e os mais nobres sentimentos da natureza humana afloram e permeiam uma trama alucinante.








quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Resenha: O segredo de Emma Corrigan - de Sophie Kinsella


Olha, se você estiver em um momento de extremo mal-humor e precisa dar 
boas risadas e sentir-se mais leve, este é seu livro!

LEIA LEIA LEIA!!!!!!


O Segredo de Emma Corrigan
Autora: Sophie Kinsella
Editora: Record

Sinopse

Em O Segredo de Emma Corrigan , Sophie Kinsella nos apresenta a Emma, uma inglesa perto dos 30 anos, mas longe de uma definição na vida. Na memória ela guarda situações ultra confidenciais: como perdeu a virgindade enquanto os pais assistiam Ben-Hur na sala de TV, o que pensa sobre o namorado, as peças que prega nos colegas de escritório, seu peso real. 

Funcionária Júnior da Panther Corporation, uma empresa de produtos energéticos e esportivos com filiais por toda Grã-Bretanha, Emma vai a Glascow participar da reunião de marketing, o que parecia uma grande oportunidade profissional se transforma num pesadelo. Como se não bastasse ter derramado a bebida num superior, seu vôo de volta para casa quase cai. Em momentos de tensão as pessoas fazem as coisas mais estranhas. E Emma Corrigan não é exceção. Acreditando estar a um passo de uma morte trágica, ela conta todos os seus pequenos pecados para o passageiro ao lado. Afinal, qual a probabilidade de vê-lo de novo? Ainda mais com vida?


Resenha

Quem não tem segredos nesta vida? Alguns são grandes segredos, mas a maioria tem segredinhos sem importância, mas que fiquem longe do conhecimento de outras pessoas. Emma Corrigan também tinha vários segredinhos pessoais com diversos níveis, do mais bobo até o mais intimo possível. Após abrir o verbo e contar para um estranho seus segredinhos durante o voo turbulento de retorno, onde achou que iria morrer, Emma começa a viver uma sequência de encrencas um tanto peculiares.

"...Ouço alguém atrás de mim recitando "Ave Maria cheia de graça..." e um novo pânico de causar engasgo me domina. Tem gente rezando. É sério. A gente vai morrer. A gente vai morrer..." 

Além dos segredos pessoais, Emma contou também sobre o que acha dos seus colegas de trabalho, sua relação com a família, suas irritações no trabalho e suas táticas para enrolar no serviço e entre outros detalhes. O avião pousa em segurança e no dia seguinte Emma acaba descobrindo que o homem "estranho" do avião se chama Jack Harper, dono da empresa em que trabalha, mas que não conhecia. E aí a história começa a se desenrolar de uma maneira divertidíssima. 

"Tenho um código secreto com a Katie, do departamento pessoal. Ela vem e me diz: Posso checar os números com você, Emma? E na verdade significa: Vamos dar um pulo na Starbucks”.

O empresário  Jack Harper é o príncipe. Definido como lindo, sensual, inteligente e muito bem-humorado. Mas nem todo mundo é perfeito, ele comete um deslize, sem pensar, colocando Emma na maior de todas as confusões. Já Emma é a típica personagem dos romances de Chick-lit. Ela é engraçada, atrapalhada, romântica e inteligente. Ela tem uma família ausente, que idolatrada sua prima insuportável, com quem é comparada o tempo todo, o que muitas vezes a deprime, causado sempre um incômodo. Tudo que Emma quer é conseguir seu espaço no mundo, sua independência profissional e pessoal. 

“Sempre tive uma convicção profunda de que não sou como todo mundo, e que há uma vida nova e incrivelmente empolgante me esperando ali na esquina.”

Por mais que Emma tente fugir de Jack querendo evitar constrangimentos decorridos por suas revelações no momento de desespero, eles de alguma forma acabam se aproximando. O que ela não poderia imaginar é que seus segredinhos inspiraram Jack. A medida que vão se conhecendo, o sentimento vai fluindo entre eles. Jack já conhece praticamente tudo sobre Emma, já ela não sabe nada sobre ele, no qual também tem seus segredos. 

"O que está acontecendo? - Olho para o motorista. - Ele pagou a você?

 - Quinhentas pratas. - O motorista pisca para mim. - Quem quer que ele seja, 

minha querida, não deixe escapar."


Esse foi o primeiro livro que li da Sophie Kinsella, que sem dúvida está no topo da minha lista como livro favorito no gênero de Chick-lit, sem arrependimentos. Nossa genteeeeeee... eu devorei esse livro. Passei muita vergonha quando lia em algum lugar público, por que as gargalhadas eram certas com as peripécias de Emma e Jack. Emma é a protagonista com diversas situações cômicas, com seu jeitinho meio louco que envolve o leitor, Jack também tem umas tiradas que você "Caramba ele é demais!".

O que mais gosto nos chick-lit é forma de oferecer uma leitura deliciosa trazendo um bem-estar maravilhoso. Gostei bastante da escrita da Sophie, achei bem leve, simples, estruturada e divertida. Ao finalizar minha leitura fiquei com vontade de ler mais livros da Sophia Kinsella. 



Quem é Madeleine Wickham?


Madeleine Wickham é a nossa querida Sophie Kinsella, nascida em Londres, 12 de dezembro de 1969, é uma escritora britânica. Foi uma ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira e começou uma carreira como escritora. Ela escreve tanto como Madeleine Wickham, como também com o pseudônimo  de Sophie Kinsella.

Obras de Sophie Kinsella