terça-feira, 24 de março de 2015

Resenha - Manel Loureiro Doval - O último passageiro

O último passageiro
Manel Loureiro Doval
Editora Planeta Brasil

Sinopse: O Último Passageiro - Agosto de 1939. Um enorme transatlântico chamado Valkirie aparece vazio e à deriva no Oceano Atlântico. Um velho navio cargueiro o encontra e decide rebocá-lo até o porto, mas não sem antes descobrir que nele há um bebê de poucos meses... e algo mais que ninguém é capaz de identificar. Por volta de setenta anos depois, um estranho

homem de negócios decide restaurar o misterioso transatlântico e repetir, passo a passo, a última viagem do Valkirie. A bordo, presa em uma realidade angustiante, a jornalista Kate Kilroy busca uma boa história para contar. Mas acabará descobrindo que somente sua inteligência e sua capacidade de amar podem evitar que o transatlântico

pague novamente um preço sinistro durante o percurso. Inquietante. Enigmático. Viciante. Bem-vindo ao Valkirie. Você não poderá desembarcar…mesmo se quiser. 


Ano: 2014 / Páginas: 384
Idioma: português 
Editora: Planeta do Brasil
Book Trailer

video


Resenha

O livro começa bem intrigante, quando em 1939 um pequeno e velho navio cargueiro se depara com um possível iceberg no Atlântico e consegue desviar por um triz, descobrindo que na verdade não escaparam de colidir com um iceberg e sim com um belo transatlântico parado no meio do mar. Ao tentarem se comunicar com o navio e não obterem nenhum retorno, resolvem entrar para ver se aconteceu alguma coisa, e para surpresa dos tripulantes eles descobrem que não tem ninguém no Transatlântico, parece que todos fugiram às pressas deixando até comidas à mesa de jantar. Mas fugiram para onde no meio do Oceano Atlântico? Dentro do Navio encontraram apenas um bebê judeu, sendo que o navio era Nazista.

É nesse clima bem tenso que começa a leitura, um navio fantasma e cheio de mistérios, porém logo somos levados para outra parte da trama onde essa premissa fica no passado e somos arrastado para o futuro, onde por volta de 70 anos após o ocorrido, o navio abandonado é comprado por uma grande fortuna por um homem de negócios e a jornalista Kate Kilroy tem que investigar o paradeiro do misterioso transatlântico para uma reportagem e acaba se envolvendo com pessoas um tanto perigosas.

Gostei muito da narrativa do autor, nunca tinha lido nada dele apesar de ele ter feito um grande sucesso com a trilogia Apocalipse Z, que aliás pretendo ler em breve. A história é envolvente e prende o leitor, tem seus momentos de causar arrepios com um toque sobrenatural e ao mesmo tempo com um clima de mistério a ser desvendado. Gostei muito do livro mas não chegou a ser perfeito, do meio para o final foi perdendo um pouco do ritmo, por isso tirei uma estrela na classificação.
Recomendo a leitura para que gosta de suspense com sobrenatural.

Classificação



3 comentários:

  1. Eu necessito desse livro, eu necessito desse livro, EU NECESSITO DESSE LIVRO!!!!!
    Eu estou pirando aqui, a sinopse já tinha me conquistado, mas fiquei um pouco triste por saber que ele vai perdendo o ritmo. Mas mesmo assim eu quero muito ler esse livro.
    Parabéns pela resenha.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Logo de início a história já prendeu a minha atenção com esse mistério... omg quero saber o que aconteceu!! rsrs
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  3. Olá Danielle!!
    Que mistério é esse?? Fiquei curiosa :O
    Como assim encontram apenas um bebê judeu?? :O
    A resenha ficou ótima! Quero ler este livro para saber o que aconteceu!!!!!

    Abraços!
    http://maisumpracolecao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor