terça-feira, 25 de agosto de 2015

Resenha: Túneis da Morte - de Niel Bushnell - Editora Jangada

TÚNEIS DA MORTE
Livro 1
Niel Bushnell
Editora Jangada

Sinopse: Quando Jack Morrow descobre que não é um menino comum, ele é arrastado quase imediatamente numa aventura surpreendente, muito além de qualquer coisa que um dia tenha imaginado. Isso porque Jack é um Viajante, alguém com a capacidade de viajar através das Necrovias, túneis que ligam cada lápide ao dia em que a pessoa morreu. Ao se ver na Londres devastada pela Segunda Guerra Mundial, na companhia de David, seu avô, na época ainda adolescente, Jack percebe que sua chegada a 1940 não passou despercebida. Forças malignas de um mundo secreto são convocadas a encontrá- lo. Enquanto Jack luta para sobreviver nessa aventura cheia de perigos e surpresas, ele acaba por desvendar o segredo sombrio da sua família, e se empenha, numa corrida contra o tempo, para tentar mudar o seu destino...

Resenha

Jack é um garoto de 12 anos que está prestes a se tornar só. Seu pai está sendo preso e sua mãe já está morta, e agora ele precisará viver com uma tia que ele mal conhece. A vida nunca foi lá muito boa, pelo menos não desde que sua mãe morreu, mas agora parece que não pode piorar. Como ele vai ser enviado para longe de Londres, seu pai resolve levá-lo uma última vez ao cemitério para visitar o túmulo da sua mãe. E em meio ao sofrimento pela separação do pai e pela perda da mãe, Jack se aproxima do túmulo da mãe para se despedir. Mas mal sabia ele que o que parecia ser o final, era na verdade somente o começo.

Ao tocar na lápide de sua mãe, Jack é assaltado por imagens e lembranças com ela, lembranças essas em que ele era pequeno demais e que não deveria se lembrar. E em meio a essa confusão de imagens ela acaba perdendo a consciência. E nesse instante ele simplesmente desaparece do cemitério, sem deixar rastros.

Após recuperar a consciência, Jack percebe que está no mesmo lugar, porém não parece ser o mesmo lugar ao mesmo tempo. Isso porque, ao invés do túmulo da mãe, tudo o que ele pode ver é um espaço vazio. E sua confusão estava apenas começando, pois do nada eis que surge um velho afirmando ser o seu avô, que teoricamente estava morto, e que diz para ele que ele voltou no tempo, através de da Necrovia do túmulo da sua mãe, e que agora ele está no ano de 2008. E afirma também que Jack é um Viajante, alguém capaz de viajar para o passado através das Necrovias, e que ele faz parte do Primeiro Mundo, um mundo a parte, à la Harry Potter, que coexiste com o Segundo Mundo (o nosso mundo).
Ser Viajante é um bom jeito de ganhar a vida - ele continuou. - Sempre tem trabalho, a grana não é de se jogar fora… É perigoso, claro! A maioria acaba morta, ou pior que isso, antes dos 20 anos.
E como se tudo isso não fosse inacreditável o bastante, do nada surgem umas criaturas feitas de pó, os Homens Pó, que sem ele saber porque, parecem querer matá-los. E no meio desse caos generalizado, o seu avó, David, manda que ele viaje em uma Necrovia para o ano de 1940, para se encontrar com a versão mais jovem dele, e que esse David mais jovem irá explicar as coisas para ele. Mas antes de ir ele seu avó deixa uma última mensagem, ele manda proteger a Rosa. 
Vá embora. Corra até não aguentar mais. E não olhe para trás.
Então essa é a situação de Jack, ele se encontra no ano de 1940, em plena segunda guerra mundial, deve encontrar a versão mais jovem do seu avô e também proteger uma rosa, que ele não tem idéia do que seja. Isso é claro, lembrando que tinham os Homens Pó tentando matá-lo até poucos instantes antes. Nada mal para uma simples ida ao cemitério para visitar um túmulo. Agora que Jack se encontra em 1940 é que sua aventura realmente irá começar, junto com Davey (seu avô mais novo), Jack precisará descobrir a verdade sobre a rosa, sua família e principalmente sobre si mesmo. Mas ele não é a única pessoa que está atrás da rosa, então essa busca virou uma corrida contra o tempo, para descobrir quem irá encontrar a rosa primeiro. Mas o adversário dele já tem uma vantagem, ele conhece o Primeiro Mundo, algo que agora Jack precisará aprender rapidamente. E com essa habilidade de poder voltar no tempo, Jack começa a contemplar diversas possibilidades, principalmente uma que acabaria com o seu sofrimento nos últimos anos. Seria ele capaz de voltar para o passado e mudar o futuro? Seria ele capaz de salvar a sua mãe?
- Eu vou viver para sempre! (…)

- Não deseje uma coisa dessa (…) Mesmo os livros grandiosos sempre acabam, e eles são melhores por causa disso.
Túneis da Morte segue com uma narrativa empolgante, no melhor estilo Percy Jackson, Jack vai encontrando uma adversidade após à outra enquanto vai descobrindo todo um novo mundo, com criaturas e poderes incríveis. E assim como PJ e HP, esse mundo coexiste com o nosso, escondido no nosso cotidiano. O livro é rápido de ser lido, pois a narrativa flui perfeitamente. Outra aspecto muito interessante dessa estória é que ela te leva a diversos períodos de Londres.

E como toda boa fantasia, esse livro também conta com uma misteriosa profecia, que de alguma forma está ligada ao destino de Jack. Existem muitas coisas que foram citadas e não mostradas nesse livro, o que me deixou com vontade de ler o segundo livro logo (ele já foi publicado no Brasil). Estou extremamente curiosa para desvendar todos os aspectos desse novo mundo, dessa nova Londres. Eu dei 4 estrelas para o livro e o recomendo a todos que gostam de aventura e fantasia.
A crença numa coisa pode ser muito perigosa.

Sobre o autor

Quando tinha 10 anos ele fez uma longa lista do que gostaria de alcançar na vida e uma de suas ambições entre se tornar astronauta e ser artista de história em quadrinhos estava escrever um romance. O plano era fazer isso antes de ter 13 anos, mas levou um pouco mais do que isso. O amor por HQs eventualmente levou o autor para uma direção diferente: uma carreira na animação. Ele trabalhou como animador em diversas franquias, como Perdidos no Espaço, além de jogos como Harry Potter e a Pedra Filosofal, Driver e na televisão em diversos programas do gênero. Finalmente chegando ao próprio estúdio de animação, o Qurios. Décadas após o aniversário de 13 anos ele finalmente completou seu primeiro romance. Ele vive no nordeste da Inglaterra.




6 comentários:

  1. adorei, gosto muito de livros q falam sobre coisas sobrenaturais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você também goste deste livro.
      Bjs.

      Excluir
  2. Caramba! Eu nunca tinha visto nada desse livro, mas agora que li a sinopse e a resenha, eu fiquei morrendo de vontade de ler. Já está na minha wishlist, e muito obrigada pela indicação! <3

    http://eujovemdemais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não tinha ouvido falar dele antes de ler. E eu amei.
      bjs.

      Excluir
  3. preciso desse livro, só acho que vou amar

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor