sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Resenha - Renan Carvalho - Supernova: A estrela dos mortos (Livro 2)

SUPERNOVA 2
A estrela dos Mortos
Renan Carvalho
Editora Novo Conceito /  Novas Páginas


Sinopse - Após deixar sua cidade natal, Leran está perdido em busca de uma pessoa que possa ajudar sua irmã Luana a controlar seus poderes. Enquanto foge de caçadores colocados em seu encalço, o arqueiro conhecerá novos lugares e aliados para sua jornada. Ao mesmo tempo, Tlavi, a jovem Estrela da Cura, tenta desvendar os mistérios de um criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central. O caminho desses personagens está ligado pelo destino. Será que poderão lutar juntos para descobrir como vencer os novos inimigos? Conseguirá Luana despertar sua verdadeira força? Como Leran agirá diante da evolução dos poderes da irmã? É o que você vai descobrir em Supernova: A Estrela dos Mortos.




Ano: 2015 / Páginas: 480
Editora: Novas Páginas

Resenha

Sou muito fã de Supernova, li o primeiro livro em 2013, e quando ele foi relançado pela Novo Conceito não pude deixar de adquirir, mas deixei para reler quando estava com A estrela dos mortos em minhas mãos, para ler os dois na sequência. Foi maravilhoso reler esse livro que tanto amo e em seguida continuar com o livro tão esperado por dois anos.

Neste segundo volume da série Supernova o leitor é apresentado a novos personagens e uma nova ambientação fora dos muros de Acigam. A primeira parte é narrada por Tlavi, que é a estrela da cura. Tlavi foi mandada para Cidade de Cimérium investigar as várias mortes que estão ocorrendo no local com os trabalhadores das minas e acaba descobrindo que algo muito mais sério está contorcendo do que uma simples epidemia e ela terá que lutar contra forças das trevas.
"Loucura é um estado relativo. Os maiores revolucionários de nosso mundo também foram considerados loucos em algum momento."
A segunda parte é narrada pelo nosso querido e amado Leran, que se encontra em fuga de Acigam junto a sua irmã Luana, juntos eles irão passar por poucas e boas sendo perseguidos capangas de Nagisa, enquanto eles tentam chegar em Mabra e procuram por uma pessoa que poderá ajudar Luana a lhe dar com todo seu poder de estrela.

Outro personagem que também irá narrar algumas partes do livro é o Gueth, que é o irmão de Tlavi. Quando ele ainda era muito pequeno Tlavi foi embora, pois ela sabia que o mundo precisava de sua força de estrela. Ele guarda grande mágoa de Tlavi pela sua frieza e seu abandono total para com ele e o pai. Estrelas costumam mudar de comportamento com o tempo ficando mais frias, até Leran foi alertado disso. Como é de se esperar de alguma forma o caminho desses três personagens principais irão se cruzar.
"Para mim as pessoas são iguais às plantas. Se você as rega com carinho, colhe felicidade. E eu sempre tive certeza de que, para ser feliz, era necessário ter pessoas felizes ao meu redor."
Meu novo queridinho é o Gueth, gostei muito dele de sua personalidade e seus princípios, e a Tlavi apesar de ser uma boa pessoa ela é capaz de ser muito fria, pensa no bem em geral, nem que para isso tenha que sacrificar seu amor por sua família e por esse motivo ela me deixou com muita raiva por muitas vezes.
"Perdas acontecem todos os dias. Um bom líder não apenas sabe evitá - las. Ele também as supera."
Esse livro tem um clima bem macabro, cheio de adrenalina e muito sangue e eu gostei muito disso, simplesmente devorei a livro, mas ao mesmo tempo que não conseguia parar, também não queria que acabasse de tão bom que estava. Como no primeiro livro a narrativa de Renan nos faz visualizar tudo como em um filme, e quando o livro acabou fiquei com gostinho de quero mais. Esse livro é muito mais rico no quesito magia, visto que fora dos muros de Acigam a magia é liberada. Os amantes de fantasia irão amar.
“A cidade Dourada. Um dia fora o berço para o nascimento de nossa brilhante civilização, agora se torna o mausoléu onde a raça humana será sepultada. Nada restou. A beleza arquitetônica foi ofuscada pela tragédia. É impossível reparar nas belas minúcias de Nuanto. Cadáveres, ossos, sangue. O vermelho subjugou o dourado, assim como a morte sempre subjuga a vida.”
O livro contém ilustrações maravilhosas de algumas cenas deixando o livro mais lindo ainda, a Novo Conceito está de parabéns com o trabalho gráfico do livro.

Assim como o primeiro livro ambos entraram para minha lista de livros favoritos e recomendo para todos que gostem de livros cheio de aventura e magia. Fiquei mais fã de Renan do que já era depois de ler A estrela dos mortos.



Classificação




Booktrailer





10 comentários:

  1. Só queria saber de q estrela a Luana é ;-; Acho q pode ser do vácuo talvez

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhh... admiito que não li a resenha, hahahahaha...
    Vou ler esse livro em breve e depois volto aqui para ler a senha de verdade XD
    Mas tenho certeza que você arrasou!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Não conhecia esse livro e já descubro que tem uma continuação!!! OMG! Parabéns pela resenha! Também curto muito os elementos que você destacou do livro. AMo esse tipo de fantasia, envolvendo toda essa trama Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Há alguns meses esse livro e seu anterior entrou para minha wishlist. Eles parecem ser incríveis! Adorei sua resenha. Me deixou mais curiosa haha
    Beijos, Nathália
    https://livrosdagarotavermelha.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Oláá
    Já vi várias resenhas elogiando o autor e que bom que você tbm curtiu a leitura, eu não tenho vontade de ler mas vou recomendar para amigos que iriam gostar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Dani tudo bem, eu não li esse livro, mas acredita que sei toda a história do livro 1 e 2... Meu filho leu e passou dias falando sobre ele, resenha que é bom nada kkkk Mas gostei de como a história o conquistou e de como a imaginação de Renan é envolvente e criativa. Agora quem tem que ler sou eu, estou curiosa. Clima macabro e cheio de adrenalina como vc citou me instigou mais ainda.
    Bjkas

    ResponderExcluir
  7. Oi Danielle, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha, ainda não li o primeiro livro, e apesar de não ser muito meu estilo essa parte de fantasia medieval, eu fico bastante interessada devido as resenhas que eu já li. Esse segundo, pelo que você falou, tem mais magia e gostei dos outros pontos de vista. Quem sabe um dia eu não dê uma chance.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  8. Oi Dani, tudo bem?

    Quem tem lido esse livro lá no blog é a minha resenhista, a Nat. Ela adora os livros do Renan, ainda não li e tenho um pouco de receio de não fazer o meu estilo. Sou meio chata com o gênero fantasia. Que bom que você gostou do livro. Bom saber que o segundo volume mantem o bom ritmo da série

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá... tudo bem??
    Eu não curto livros com a temática fantástica, mas ainda tenho uma ponta de curiosidade nessa série... eu tive a oportunidade de conhecer o Renan pessoalmente e depois revi em um evento literário, além de lindo ele é super simpático, falou muito sobre a história de Supernova, mas ainda tenho receio de começar a leitura pela temática fantástica que contem nele... por ser a resenha do segundo livro não entendi muito bem, mas deu para perceber que o enredo escrito por ele permaneceu tão bom quanto o primeiro... Xero!

    ResponderExcluir
  10. Opa! Tudo bem? Olha, não me interessei pelo livro, embora eu goste de fantasia. Acho que este aí é direcionado para um público mais jovem que eu, certo?
    Um abraço!

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor