domingo, 27 de setembro de 2015

Resenha - Vinícius Grossos - O Garoto Quase Atropelado

O GAROTO QUASE ATROPELADO
Vinicius Grossos
Faro Editorial
Páginas: 272


Sinopse

"Uma história inesquecível sobre adolescentes que escolheram acreditar no que sentiam. Você vai se emocionar" - Bruna Vieira, autora do Depois dos quinze.


Um garoto sofreu com um acontecimento terrível.



Para não enlouquecer, ele começa a escrever um diário que o inspira a recomeçar, a fazer algo novo a cada dia.


O que não imaginou foi que agindo assim ele se abriria para conhecer pessoas muito diferentes: a cabelo de raposa, o James Dean não-tão-bonito e a menina de cabelo roxo, e que sua vida mudaria para sempre!

Prepare-se para se sentir quase atropelado de uma forma intensa, seja pelas fortes emoções do primeiro amor, pelas alegrias de uma nova amizade ou pelas descobertas que só acontecem nos momentos-limite de nossas vidas.

Estar vivo e viver são coisas absolutamente diferentes!



Resenha

O garoto quase atropelado foi um livro que de início me ganhou pela capa e todo trabalho gráfico lindo do livro feito pela Faro Editorial, mas ao terminar a leitura pude perceber que o conteúdo do livro faz jus a sua beleza.
“ Meu diário se tornou o único local do mundo em que não havia julgamentos - ele apenas me escutava e entendia. ”
O livro conta a estória de um jovem que após um acontecimento muito traumático em sua vida não consegue seguir em frente e se isola dentro de casa e encontrando nos livros um refúgio que as pessoas não podem lhe dar. Sua mãe e seu irmão fazem de tudo para que ele siga em frente, mas é realmente muito difícil. Sua psicóloga sugeriu que ele escrevesse por um mês um diário para que ele possa desabafar através de palavras tudo que lhe aflige. E através desse diário iremos acompanhar por 30 dias a vida desse jovem. Propositalmente o autor do livro não dá nome ao dono do diário, porque esse jovem pode ser qualquer um de nós.
"Aprendi que só é possível sofrer menos quando a gente aceita a dor, aceita falar sobre ela. Senão, é como se a gente tentasse apagar uma morte matando uma pessoa duas vezes. E isso faz doer mais e para sempre."
Quando nosso protagonista a pedido da mãe sai para dar uma volta de bicicleta dentro do condomínio acaba quase sendo atropelado por uma jovem de cabelo castanho- avermelhado, e ele fica completamente encantado com sua beleza. Após a jovem se certificar que ele está bem vai embora e ele sequer perguntou seu nome, desde então a bela jovem a qual ele apelidou de cabelo de raposa passa a ocupar seus pensamentos e ele gostaria muito de encontrá-la novamente, então passa a fazer mais passeios de bicicleta pelo bairro, e em uma dessas voltas ele acaba a encontrando novamente em uma noite junto a mais dois amigos. Ela o reconhece e o chama para um passeio junto a seus amigos. A partir de então a vida desses jovens irão se interligar a uma amizade, cheia de altos e baixos e que ajudará muito ao Garoto quase atropelado a sair do buraco onde ele havia se enfiado para se esconder da vida.
“ Viver e estar vivo são coisas absolutamente diferentes! ”
O livro trata de vários assuntos polêmicos presentes no nosso dia-a-dia e Vinícius consegue abordar tudo de uma forma muito intensa e tocante, confesso que esse livro me arrancou muitas lágrimas. É o tipo de livro que te faz parar para pensar na vida e no tanto de problemas que atingem muitos jovens.
"Sabe aquele momento em que você realmente é quase atropelado por alguma coisa, e num lapso de segundos vê a sua vida passando rápido através dos seus olhos, mas então nada de grave acontece e você está apenas lá, parado, os olhos assustados, o medo cantando aos ouvidos, e o coração martelando de forma doentia?Aí, é nesse instante que percebe que está tudo bem, você respira e é como se tivesse mais uma oportunidade. E, no fim das contas, tudo se resume a apenas a isso: você realmente se sente vivo!"
Vinícius construiu uma estória muito verdadeira e com personagens muito marcantes. O que dizer da personagem Laís (a cabelo de raposa), eu comecei odiando ela e mesmo quando ela revela uma parte de seu trauma de vida ainda tive muita raiva de algumas de suas atitudes, mas quando em uma cena ela escreve uma pequena carta colocando para fora todo seu sentimento eu simplesmente desabei de chorar e parecia que ela poderia ser alguém que eu conhecia, uma grande amiga que eu queria abraçar e consolar e desde então ela passou a ser minha personagem favorita. Vieram depois outras cenas no qual só fizeram aumentar meu amor por essa personagem.

Os últimos momentos da estória mexeram demais comigo e me arrancaram muitas lágrimas, eu me sentia como fizesse parte daquela amizade tão conturbada desses quatro amigos, de tão verdadeira que a estória parecia. Só posso dizer que estou de depressão pós-livro depois de O garoto quase atropelado.
“ O que importa é sentir... Definitivamente, é isso que faz a vida valer a pena. ”
Na última página do livro tem um pedido do autor para que a página seja queimada, só quem ler o livro vai entender o motivo. E eu não pude deixar de fazer com todo o prazer.


Recomendo demais a leitura a todos, entrou para os meus livros favoritos.

Classificação




RESENHA PREMIADA!

O blog Cia do Leitor em parceria com a  Faro Editorial vamos sortear um exemplar do livro O GAROTO QUASE ATROPELADO de Vinicius Grossos + marcadores e bottom.


COMO PARTICIPAR:

1 - Siga o blog Cia do Leitor, clicando em PARTICIPE DESTE SITE ao lado

2 - Deixe um comentário nesta postagem sobre a resenha

3 - preencha o formulário Rafflecopter 



a Rafflecopter giveaway

IMPORTANTE:

► Seguir todas as regras para que não venha ser desclassificado

► Ter endereço no Brasil

► O sorteio será no dia 27/10/2015 o resultado será publicado nas redes sociais e no blog até 5 dias após o sorteio.

► O Ganhador terá até 7 dias corridos pra responder ao e-mail que enviaremos. Caso isso não ocorra, novo sorteio será realizado.

► O Prêmio será enviado até 40 dias, após o contato do vencedor.

► Não nos responsabilizamos por extravios e danos na mercadoria por conta do correio e caso a encomenda retorne, novos envios é por conta do vencedor


Então galera,
BOA SORTE!!


18 comentários:

  1. Adorei a resenha! Estou louco pra ler o livro e queimar a última página, que é algo que eu sempre quis fazer mas não tive coragem de realizar com nenhum dos meus ahsuahau!

    ResponderExcluir
  2. Desde quando começou a divulgação estou doida pra ler o livro. Já está na minha lista. Eu amei a resenha me deu mais vontade de ler ainda. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Adorei a resenha e achei interessante o enredo do livro só não gostei do fato de ter que queimar parte dele...xi...não sei se teria coragem...rsrs.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nem sempre somos atropelados por algo físico. Tantas coisas em nosso dia a dia passa por nós como um trator. E na fase que estou passando acho que ler o livro (diário) do personagem pode até me ajudar a sair dela. Só não sei se conseguiria realmente queimar a última folha do livro. Sou chata demais com todos os meus "bebes".
    Participando do sorteio.
    suquinha@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Pelo que percebi o livro, a estória é muito comovente!! E que bom que o garoto consegue superar a timidez, perdas e conquistar novos amigos!! Participando e torcendo muito para ser a ganhadora!!
    Marie dos Santtos
    mariedossanttos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Nossa, já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece ser super emocionante.

    ResponderExcluir
  7. Fiquei encantada pela historia! Linda, e o livro já chama atenção pela capa maravilhosa.
    Lendo sobre ele veio à cabeça Extraordinário, por contar a historia de um garoto.
    Achei linda a forma ele busca sair de tudo de ruim que aconteceu, dar a volta por cima...
    Pelo o que vi, mostra como a amizade é importante e é um bem tão precioso.
    Ótima resenha

    ResponderExcluir
  8. Adorei a sua resenha, alias cada resenha desse livro que vejo fico com mais vontade de ler, parece uma historia que vc literalmente entra dentro, uma história pra ler e nunca mais esquecer, para refletir, enfim quero muito ler esse livro, já esta na lista de meus desejados, Ahhhhhhhhh fiquei muito mas muito curioso mesmo em saber esse pedido do autor em queimar a ultima página...rsrs fiquei mega curioso....

    ResponderExcluir
  9. Escrever pode ajudar as pessoas a superarem a dor, o trauma!! Pelo que pude entender aos poucos a vida deste garoto vai melhorando, ele já está até saindo de casa, e é quase atropelado!! Este incidente que aconteceu com ele teve o lado positivo, passou a sair mais e a fazer novos amigos!! Tudo tem o seu lado bom!!

    ResponderExcluir
  10. O livro parece conter uma estória emocionante!! Que bom que o garoto aos poucos vai conseguindo superar as perdas, inseguranças e conseguindo conquistar novas amizades!!

    ResponderExcluir
  11. Assim como o nosso menino-herói-vítima-espelho aprende com esses personagens fortes e marcantes, nós nos submetemos, e somos marcados pela dor e delícia desses personagens inesquecíveis. Acho que agora, depois de toda essa declaração empolgada do que achei de O garoto quase atropelado é recomendar que leia, sem pressa e de coração aberto

    ResponderExcluir
  12. O livro parece ser muito bom!! E que bom que o garoto que quase foi atropelado, a partir deste incidente começa a se soltar mais, a sair mais e consequentemente fazer novos amigos!! Esta estória com certeza fará nós leitores a refletirmos sobre vários assuntos, como por exemplo, família, amigos, perdas, etc!! Participando e torcendo para ganhar!!
    Francisca Elizabete
    beti_bezerra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Danielle!
    O livro parece bem mais interessante do que pensei ser.
    E ainda aborda temas sérios que devem ser discutidos.
    Achei legal esse lance de queimar a última página.
    Quero ler demais.

    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    “Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.”(Érico Veríssimo)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  14. Oiee!
    Desde que esse livro foi lançado que quero ele, no começo era pela capa que está bem bonita, e capas contam muitos pontos comigo, mas depois de ler algumas resenhas os temas abordados me deixaram bem curiosa e animada.
    Então logo o coloquei na minha lista de desejados. Espero conseguir lê-lo em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Eu fiquei muito curiosa ao ver esse livro , essa capa e esse nome me encantaram, mais daí não vi nada sobre ele, aí der repente vem você com essa resenha, pra eu perceber que a historia faz jus a capa, muito linda mesmo, morrendo de curiosidade pra saber o porque de queimar a ultima pagina.. preciso desse livro.

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Me identifiquei com o enredo. Acredito que escrever sempre é uma boa forma de por para fora todas as coisas que nos engasgam, é uma forma de conviver melhor e aceitar as coisas ruins. A capa está realmente lindíssima. Belo trabalho!
    Fiquei curiosa pra saber o motivo de queimar a última página...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Obaaaaaa já mandei meus dados, Obrigado tava doido querendo o livro, adorei a resenha e fiquei hiper mega curioso em saber o pq o autor faz esse pedido que alias vc diz ter feito com muito prazer em queimar a ultima página...rsrs
    obrigado ♥ - ♥

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor