segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Resenha: A voz do Arqueiro - de Mia Sheridan - Editora Arqueiro

A VOZ DO ARQUEIRO
Mia Sherdan
Editora Arqueiro
A voz do Arqueiro.jpg
Sinopse:


Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.


Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.

Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.

Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.

Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor.


Resenha:

“As vezes, um silêncio compreensivo era melhor do que um monte de palavras sem sentido.”


Bree Prescott quer mudar sua vida e superar as dores do passado. E ela não pensa duas vezes quando decide colocar o pé na estrada com sua fiel cadelinha Phoebe(danadinha...rs). Decidida à se reencontrar quando ela chega a cidadezinha de Pelion se encanta… E sem saber vai se encantar cada vez mais! Logo ela se instala num chalé bem charmoso, arruma um emprego e faz novas amizades. Também conhece, opa... conhece não é o termo certo… rs na verdade ela tromba com um homem um tanto, quanto misterioso e não consegue tira-lo da cabeça.( E quem tiraria?!... rsrs Eu com certeza não e vocês vão entender porque…)
“...Então nossos olhares se encontraram e pareceram ficar presos um no outro. Os olhos dele eram profundos, cor de uísque, emoldurados por cílios longos e escuros. Lindos.”


Ok, ok… É, eu sei vocês ainda nem sabem quem é e já estão curiosos...Hummm!


E nossa querida e esperta Bree  também ficou curiosa e foi querer saber mais à fundo quem era  o homem alto, forte e de olhos profundos… Archer Hale esse é o nome dele… (genteeee, eu não sei quando vou me recuperar desse homem...rs).
Archer é um homem com seus próprios demônios do passado, com suas limitações frutos da tragédia que basicamente destruiu sua família… Segredos, intrigas, mentiras, mágoa, rancor, raiva… Tudo isso misturado à mistérios que serão desvendados no decorrer da história…
Archer Hale é mudo e foi excluído pela sociedade, vive isolado na propriedade q herdou de seu tio Nate. Vivendo no seu mundo recluso de tudo e todos; vê sua vida mudar totalmente quando uma morena de olhos verdes e lindos chega a cidade. Bree vai fazer toda diferença na vida de Archer.


“ Conheço a linguagem de sinais - disse.- Posso ensinar a você. Quero dizer, você não teria oportunidade de exibir sua caligrafia, mas é um modo mais rápido de se comunicar. (...)
Archer me encarou por um longo momento antes de pousar delicadamente o bloco e a caneta no chão, perto dele, então se endireitar o corpo, levantar as mãos e sinalizar: Já conheço a linguagem de sinais. (...)  
Olhei para o bloco, mas quando ficou claro que ele não iria “dizer” nada, sussurrei: - Todos precisam de amigos.”


Bree e Archer vão se conhecendo e se aproximando cada vez mais, construindo confiança mutua e se descobrindo! A amizade deles vai crescendo e se fortalecendo; ela se encantando por ele e ele por ela. Trocando experiências de vida, dos seus medos, seus planos, seus sonhos… até de seus desejos… O interesse deles é visível, palpável…
Você... queria que eu a beijasse ontem? Queria que eu a tocasse?(...) - Sim, respondi sem hesitar. (...) Eu queria beijar você, tocá-la. só não sabia… se você queria a mesma coisa… (...) Archer, falei, pegando a mão dele e pousando-a sobre o meu coração, que batia freneticamente. - Está sentindo? - Sussurrei usando a voz, já que minhas mãos estavam ocupadas segurando a mão dele.- é isso que você faz comigo. Meu coração está disparado assim porque quero tanto que você me beije que mal consigo respirar… Ele se aproximou de mim, os lábios entreabertos, uma expressão no rosto quera uma mistura de incerteza e desejo flagrante. Eu jamais esqueceria aquele olhar- enquanto vivesse, jamais esqueceria a beleza da expressão no rosto de Archer. (...) Então os lábios de Archer alcançaram os meus e gemi, um som ofegante que saiu de forma espontânea de minha garganta.”


E esses dois lindos vão descobrindo o amor juntos. Se conhecendo, aprendendo, se surpreendendo… Mas como toda história tem seus pontos de impasse, de medos, de dúvidas, de receios… Essa não é diferente… Archer tem seus fantasmas diários dos quais precisa de força e apoio para serem vencidos… Bree tem seu passado sempre batendo à porta e a perseguindo…
O amor vai vencer? O amor deles superará?O que Archer “sussurra” com suas mãos acontecerá? A voz dele será ouvida?... Venham confiram e se deliciem nessa história envolvente, maravilhosa e doce… sim doce… Por que é assim que tem que ser o amor doce…


“Um dia, falei, quando estivermos velhos e com os cabelos grisalhos, vou olhar pra você deitada ao meu lado, exatamente assim, e vou olhar em seus olhos e saber que nunca houve mais ninguém além de você. E essa vai ser a grande alegria da minha vida, Bree Prescott.”


“... A voz do Archer Hale era uma das coisas mais bonitas no mundo inteiro!”  


Minhas Impressões: Me identifiquei muito com o livro de um modo geral! Amei a escrita super gostosinha e fluida de ler, a linguagem bem light, o fato de serem pontos de vista duplos me encantaram mais ainda(confesso que adorooo livros assim...rs)! A autora é maravilhosa, é meu o primeiro de muitos livros que lerei dela com certeza! Ansiosíssima pelos próximos livros da série Signos do Amor! E como sempre aprendi um pouquinho com cada livro que leio, com esse livro lindo não foi diferente...rs. Sabe aquela frase: Ser diferente é normal?!...rs É basicamente por aí… Muitas vezes por não aceitarmos as diferenças alheias acabamos perdendo a oportunidade de conhecermos, convivermos e fazermos parte da vida de pessoas maravilhosas ao nosso redor. Nós infelizmente preferimos excluir, porque é muito mais fácil uma exclusão do que uma inclusão, não é mesmo… Não, quem disse que a vida é fácil… É muito mais humano amarmos, aceitarmos, nos adaptarmos. Porque é isso que está faltando AMOR, um sentimento que pode mudar uma pessoa, que pode transformar uma vida… que pode nos dar esperança num mundo melhor.






8 comentários:

  1. Nossa perfeito,já me deu vontade de ler.
    Realmente está faltando no mundo " Amor"... Amor ao próximo, um gesto de amor, olhar com amor e não com pena.
    Partiu ler esse livro que eu já estou achando incrível 😍😍😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Leia sim, se você gosta de um bom romance não vai se arrepender! ;)

      Excluir
  2. Este livro já está na minha lista de desejados e agora depois dessa resenha já quero ele pra ontem !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhuuul! Leia sim Carolina, ele é maravilhoso!

      Excluir
  3. Este livro já está na minha lista de desejados e agora depois dessa resenha já quero ele pra ontem !!!

    ResponderExcluir
  4. Amei sua resenha Shay, só você para me deixar com vontade de ler livros hots, hahahaha…
    Aguardando ansiosamente por mais resenhas suas.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg, Paiva! Fico muito feliz em saber que vai ler,rsrs! bjxxx

      Excluir
  5. Tipo de resenha que faz qualquer um ficar com vontade ler 👌🏻😜
    Muito boa...

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor