quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Resenha: O Imperador das Lâminas - de Brian Staveley

O IMPERADOR DAS LÂMINAS
As Crônicas do Trono de Pedra Bruta
Livro 1
Brian Staveley
Editora Novo Século



Sinopse: O Império Annuriano está em crise. O Imperador foi misteriosamente assassinado, e o trono, assim como seus herdeiros, se encontra ameaçado por uma conspiração.
Kaden, herdeiro do trono, prossegue com sua vida de estudos num austero e rígido mosteiro. Ele testa os limites de seu corpo e de sua mente a cada castigo, a cada teste. O alcance do Vazio só é possível quando o abandono da dor se vai.
Adare, ministra das Finanças, está num covil, silenciosa como uma estátua; tem entre seus pares um assassino, um traidor sorrateiro que sangrou o bem mais precioso de sua vida: seu pai, o Imperador.
Valyn é um kettral, mercenário de um exército que habita uma ilha remota e possui um código de honra implacável. Treinado para matar sem hesitar, rápido e brutal como a lâmina que carrega em sua cintura, deve sobreviver ao mortal Julgamento de Hull.
Esses três irmãos, ainda que distantes uns dos outros, precisam unir forças para resgatar o Império e livrá-lo daqueles que o traíram.
Num lugar em que o tempo nem pensava em existir, há segredos mitológicos ocultos, que podem mudar o destino de todos. Asas e espadas te levarão ao campo de batalha!

Resenha

O prólogo desse livro já começa de maneira bem enigmática. Testemunhamos uma raça de seres imortais e sem sentimentos assassinarem seus próprios filhos por não serem perfeitos. E a imperfeição de seus filhos são sua mortalidade e, é claro, os sentimentos que possuem. Esses seres falhos somos nós, os humanos. Após esse ótimo começo, já avançamos para o futuro, milhares de anos no futuro. E nesse futuro, ou melhor dizendo, presente, as coisas já começam agitadas, pois o imperador acaba de ser assassinado em um ato de traição. E a sua morte acontece em um momento delicado, pois seus dois filhos estão longe da capital, incluindo o herdeiro do trono, e sua filha não pode assumir o trono enquanto o herdeiro não retorna.

Kaden, embora seja o filho mais novo, é o herdeiro do Trono de Pedra Bruta. Para a sorte dele, ou azar, seus irmãos mais velhos não estavam aptos à serem os herdeiros. A irmã por ser uma mulher e o irmão por não possuir a cor dos olhos corretas. Isso mesmo, a cor dos olhos. O fato é que a tradição diz que o trono só pode ser ocupado por homens e com os olhos característicos da linhagem que eles dizem ser presente de uma deusa. Os olhos de Kaden são da cor de chamas. Por sinal, a família de Kaden só está no poder porque há muitos anos atrás um antecedente dele foi agraciado pela deusa da Luz, Intarra, com esses olhos após passar por um teste envolvendo fogo.  
Enfim, por ser o herdeiro, Kaden foi enviado quando tinha uns 8 anos para ser treinados pelos monges Shin em Ashk'lan, que fica quase que literalmente no fim do mundo. Os monges dessa ordem são extremamente rigorosos, pois eles são fiéis do Deus do Vazio, o deus mais antigo que existe, e estão constantemente se submetendo a rigorosos exercícios e jejuns em busca do vaniate, o vazio. Um monge pode levar uma vida inteira até conseguir esse feito, pois não é nada fácil atingir o vazio, pois para isso é preciso não sentir qualquer coisa. 
O medo é cegueira. (…) A calma, a visão.
Depois de tantos anos sendo treinado e espancando pelos monges, Kaden já está mais do que acostumado as tarefas brutais e a dor, e assim ele vai vivendo a sua rotina enquanto aguarda ser chamado de voltar para Annur, para um dia assumir o trono. Porém a rotina de Kaden é destruída quando uma cabra aparece brutalmente assassinada, até mesmo o cérebro da cabra foi consumido. Não se sabe o que poderia ter feito isso, pois naquele região nenhum predador seria tão violento. Então os monges e Kaden ficam completamente perdido sobre o que poderia estar acontecendo. E tudo piora porque essa cabra foi apenas a primeira.
E para Kaden mais uma coisa muito importante acontece no dia da morte da primeira cabra. Ele é transferido para outro umial, um monge que atua como mestre dos acólitos. Isso por si só não seria uma grande surpresa, já que a troca é comum. O que surpreende de verdade é a escolha para seu novo umial, pois ele foi transferido para Tan, um monge que nunca teve um acólito antes e que sempre se mantém na dele. Por sinal, ele nem se parece tanto com um monge.

E agora ele está tendo de lidar com um umial que parece até que está tentando matá-lo, de tão violento que ele é, enquanto ensina para ele o vaniate. E ainda tem o animal / criatura misteriosa que está violentamente assassinando as cabras. E além disso tudo, ele começa a suspeitar que o seu umial  e monge responsável pelo mosteiro estão escondendo alguma coisa dele. E olha que ele nem imagina que o pai foi assassinado e que agora é o novo imperador, afinal o mosteiro fica no fim do mundo e ainda levará meses até que alguém consiga chegar até ele. Sem dúvidas, ele pode dizer adeus para a rotina.
Quando você não sabe nada sobre uma criatura (…) , considere que ela veio para matá-lo.
Já o seu irmão mais velho, Valyn, também não está imune à todos os problemas que estão prestes a explodir em cima dele. Inapto para assumir o trono, por possuir olhos escuros, Valyn foi enviado para treinar com os kettral, os assassinos mais letais do império. Mas eles não são simples assassinos, eles são como soldados de elite, altamente treinados. Valyn em breve irá passar pelo Julgamente de Hull, a prova mortal que determinará se ele se tornará um verdadeiro kettral, e falhar nesse julgamento significa a morte. Então ele já tinha um problema e tanto para se preocupar, mas aparente a situação iria ficar ainda pior. Durante um treinamento de investigação em um navio aparentemente atacado por piratas, Valyn acaba descobrindo algo muito sério. Um dos ocupantes do navio atacado consegue sobreviver por tempo o suficiente para lhe dar um aviso. Ele diz para Valyn que na verdade o navio havia sido enviado pelo imperador para buscá-lo, pois o imperador havia descoberto uma conspiração contra a família imperial e o mesmo temia pela vida dos filhos. E além dessa já terrível revelação, o homem também avisa à Valyn que os kettral poderiam estar envolvidos.

Enquanto Valyn ainda está tentando absorver essas revelações e pensando em quem ele poderia confiar, chega a notícia do assassinato do imperador. Então para Valyn não resta dúvidas que o homem havia dito a verdade e que a sua vida corre perigo. E ele percebe rapidamente que outra vida corre muito mais perigo, a do seu irmão Kaden, agora imperador. Tudo que Valyn quer fazer é montar em um dos pássaros que os kettral usam como transporte e ir até Kaden o mais rápido possível. Porém isso não será possível até ele passar pelo Julgamento. Porém agora, o Julgamento que antes parecia tão perto, parece estar longe demais. E fica cada vez mais claro que alguém realmente quer ele morto, pois estranhos incidentes começam a ocorrer, pondo sua vida em risco. Mas ele precisa não só descobrir quem está tentando matá-lo, como superar essa pessoa, pois a sua vida e a do seu irmão dependem dele.
Seus ideais morrem, ou você morre.
Enquanto isso em Annur, Adare, filha mais velha do imperador, está tendo de bater de frente os problemas causados pela morte do pai. Com a morte do imperador, Adare se torna ministra das Finanças, ocupando um cargo que sempre foi tradicionalmente ocupados por homens. Como se não bastasse o preconceito que enfrenta, Adare terá de enfrentar o assassino do pai, o sacerdote do templo de Intarra, justamente a deusa adorada pela família imperial. E para ela não está sendo nada fácil sequer olhar para cara do indivíduo. Ela possui um temperamento explosivo, mas se quiser conseguir justiça pelo seu pai e ao mesmo tempo de consolidar no novo cargo e garantir a permanência da sua família no porder, ela precisará domar seu gênio, e mostrar para todos o quão forte ela realmente é.

A essa altura você deve estar se perguntando: tá, mas e os caras imortais do prólogo? Então, eles são importantes para a estória, mas não vou entrar em detalhes para não estragar a graça de vocês, então leiam o livro!
(…) nem todos os sonhos eram agradáveis (…), às vezes, não importava o quanto alguém se virasse ou debatesse, era impossível despertar.
A narrativa desse livro é maravilhosa, como fã de fantasia posso te garantir que o livro é extremamente viciante. O livro tem tudo o que você poderia querer: intrigas políticas, uma ameaça antiga, muitas lutas, assassinos altamente treinados, criaturas assustadoras, uma história antiga rica em detalhes, sabedoria, violência, etc. E tudo isso flui de forma mágica, você vai virando página após página, desesperado para saber o que acontece. E quando chega próximo do fim do livro, aquele sentimento de "preciso saber o que vai acontecer, mas não quero que o livro acabe" nos arrebata completamente.
A estória segue o ponto de vista de Kaden, Valyn e Adare. A maioria dos capítulos são do Kaden e do Valyn, onde a ação está acontecendo nesse livro. Já os capítulos da Adare, embora poucos, são muito importantes, principalmente, imagino, para o que está por vir nos próximos livros.

Quando vi esse livro disponibilizado pela Novo Século para os parceiros, não pensei duas vezes antes de pedir, mas mesmo gostando da sinopse do livro eu não imaginava que iria amar tanto essa estória. Estou complemente empolgada com essa nova série e não vejo a hora de ler os próximos livros. Pois como já devem imaginar, o final me deixou desesperada. A edição do livro está perfeita e a capa é maravilhosa, nela existe uma representação dos 3 irmãos que ficou linda demais. Obviamente, dei 5 estrelas para o livro, o favoritei e já virei fã da série e do autor.

O ano mal começou, mas sem sombra de dúvidas esse livro será um dos melhores livros do ano para mim. Leitura obrigatória, principalmente se você for fã de fantasias!

Classificação


Sobre o autor


Depois de ensinar literatura, filosofia, história e religião por mais de uma década, BRIAN STAVELEY começou a escrever fantasia épica. Seu primeiro livro, O Imperador das lâminas, é o início de sua série As Crônicas do Trono de Pedra Bruta.
Ele vive em uma estrada íngreme de terra nas montanhas do sul de Vermont, onde divide seu tempo entre a paternidade, a escrita, o casamento, cortar lenha, esquiar e descobrir novas aventuras, não necessariamente nessa ordem. Brian pode ser encontrado no Twitter, Facebook e Google+.





33 comentários:

  1. uauuuuuu estou sinceramente sem fôlego, adoro tramas assim, cheias de seres com indumentárias medievais misturando presente, passado e futuro.recentemente li "o trono de diamante" e fiquei encantado. livros capa e espada me fazem, de certa forma, retornar à minha infância, por isso me fazem tão bem. sem contar que hoje em dia os personagens não são tão planos (só mocinhos ou só bandidos), são mais humanos, cheios de defeito, portanto mais próximos de nós. quero muito iniciar esta saga também, que bom que você pôde nos brindar com esta bela resenha. obrigado patricia! mais uma vez arrebentou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou louca para ler o trono de diamante desde que li sua resenha, mas o bendito livro não abaixo o preço. Não sei dizer se as estórias são similares, mas garanto que se você gosta de fantasia, sem dúvidas irá gostar desse também.

      bjs.

      Excluir
  2. Thanks so much for taking the time to read and review! I'm thrilled that the book has been translated into Portuguese, and I've had some fun interactions on facebook with the translator. She's translating the second volume now, and the third book in the trilogy, The Last Mortal Bond, is slated to come out in the USA in two months. Can't wait to hear what you all make of it!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh god, I barely can't wait for finally read it!

      Excluir
    2. Patrícia, estou acabando a tradução do Livro III! O Livro II deve sair brevemente, acredito que ainda esse ano! O que você achou bom, fica ainda melhor no Livro II. Não darei nenhum spoiler! Como não tive tempo de terminar de ler o Livro III antes de iniciar a tradução (comprei para o meu Kindle, mas logo depois tive que iniciar a tradução), estou sofrendo aqui, morrendo de vontade de adiantar as páginas e descobrir o que vai acontecer! Abraços!! Sonia Strong

      Excluir
  3. Oi..
    O livro, a série obviamente te deixaram animada, senti isso em suas palavras. Não tenho dúvidas que para quem gosta de um mundo mais de fantasia seja perfeito.
    Não o meu :/ eu te digo que iria ler porque são raros os livros assim que leio.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se um dia bater aquela vontade louca de ler uma fantasia, bem, você já tem uma ótima dica.
      bjs.

      Excluir
  4. Olá,
    gostei da resenha, ao ver a capa do livro me lembrou o personagem principal do jogo The Witcher, que teve alguns livros. Gosto de fantasia, não conhecia esse novo livro da Novo Século, me interessei! Obrigado pela dica! www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou louca para ler esse também. Essas fantasias vão me levar à falência com um sorriso nos lábios.
      Bjs.

      Excluir
  5. Oi Patricia, confesso que sua resenha me cativou muito a me interessar no livro, e olha que eu não curto o gênero dele. Então talvez um dia eu dê uma chance a ele para ver o que eu amo. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, talvez você acabe se encantando com o mundo da fantasia épica e nunca mais o abandone.

      bjs.

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Ainda não conhecia o livro, mas sua resenha me deixou muito curiosa. A história é rica em detalhes, e os personagens parecem ter personalidade bem forte. Adorei a indicação. Beijos, Érika

    - www.queroseralice.com.br -

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique com a dica anotada para quando ficar com vontade de ler uma fantasia.
      bjs.

      Excluir
  7. Patrícia, não conhecia o livro, mas já estou apaixonada.
    Amo fantasia e por tudo que você contou da história sei que vou me apaixonar e viciar, já entrou para a lista de desejados!

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ser outra viciada, já estou até vendo… hahaha…

      bjs.

      Excluir
  8. Oi. Essa capa é interessante e o enredo não fica atrás. Me parece eletrizante, não conhecia e apreciei. Geralmente, histórias viciantes, quando chegamos nas últimas páginas, começamos a lamentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por maiores que sejam os livros, sempre queremos mais páginas, é sempre assim. Pelo menos tem outros 2 livros ainda.
      bjs.

      Excluir
  9. Sim, eu estava mesmo me perguntando dos caras imortais do prólogo, rs, aqueles que mataram os próprios filhos por não serem perfeitos. :/ Também adoro fantasia e gostei muito de saber que o livro é viciante. Não sei se vou gostar da parte da violência e das criaturas assustadoras, mas mesmo assim fiquei com vontade de ler.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou louca para saber cada vez mais sobre esse mundo.
      bjs.

      Excluir
  10. Genteeee, amo esse gênero e depois de sua resenha, esse livro super entrou na minha lista e desejados <3
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eeeee… mais um! Sem dúvidas você irá amar.
      bjs.

      Excluir
  11. A história parece ser bem interessante, gosto do gênero de fantasia, apesar de ter lido poucos, eu buscaria a leitura mais pra frente.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos
    devoreumlivrooufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha aí a chance de ler mais um ótimo livro de fantasia e aumentar a sua lista!
      Bjs.

      Excluir
  12. Oi lindona, tudo bem?? Genteeee, que livro top eh esse? Eu li sua resenha e fiquei de boca aberta, imaginando como os irmãos vão conseguir sair dessa teia de intrigas que já fisgou meu coração! São quantos livros essa série? QUERO AGORA!!!! bjosssss


    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma trilogia. O autor já revelou ali em cima que já estão traduzindo o segundo e até mesmo o terceiro que acabou de sair nos Estados Unidos.
      Bjs.

      Excluir
  13. Oie,

    Que capa maravilhosa, sou fã de livros de fantasia e já quero esse livro! Que resenha foi essa? Depois dela com certeza eu quero ler esse livro! Já está super na minha lista de desejados <3

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei essa capa também. E a estória então…
      bjs.

      Excluir
  14. Oi Patrícia, tudo bem?

    Eu gosto muito de fantasia, mas não sou muito fã desse estilo de fantasia medieval e a premissa do livro não me agradou muito. Mas quem gosta de livros cheios de intrigas políticas, mistérios, luta pelo poder irá gostar muito, com certeza. Gostei da Adare assumindo um cargo que é normalmente assumido pelos homens e ter que lutar com todo o preconceito, e ainda com o assassino do pai. Gostei também de saber que o Valyn e Adare não tem ciúmes do Kaden por ele agora ser o imperador... porque tem livro que tem muito isso.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu odeio quando irmãos são inimigos mortais nos livros. Uma pena você não gostar do gênero, quem sabe não é uma questão de não ter encontrado o livro certo?
      bjs.

      Excluir
  15. Ei, tudo bem?
    Não conhecia esse livro e a premissa me chamou muita atenção. Adoro histórias nesse estilo, então espero ter a oportunidade de ler o livro em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  16. Oiii,tudo supimpa? Nossa,já entrou pros meus deesejados,sou apaixonado por fantasia e este parece um prato cheio pra nós,apaixonados pelo estilo. Que bom que curtiu,certamente lerei assim que possivel,abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esse livro foi uma maravilhosa surpresa. Se você já gosta do gênero, então não tem como não gostar desse aqui.
      bjs.

      Excluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor