quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Resenha: O Jogo - The Game - Anders De La Motte

O JOGO
Trilogia The Game - Volume 1
Anders De La Motte
Editora DarkSide


Sinopse: Você quer jogar? É só um jogo. Isso é o que pensa Henrik “HP” Peterson, protagonista da Trilogia The Game, ao aceitar um convite anônimo, via celular, para participar de missões inusitadas pelas ruas de Estocolmo. Mas a cada tarefa cumprida, e devidamente compartilhada na rede, ele tem a sensação de que a brincadeira está ficando séria demais. Será paranoia? Ou será que HP está realmemte caindo numa poderosa rede de intrigas, com conexões que poderiam chegar aos responsáveis pelo assassinato do primeiro ministro sueco em 1986 ou até mesmo aos ataques do 11 de setembro? Quem afinal está por trás desse JOGO? Você tem coragem de investigar? 


Resenha

Henrik Petterson, vulgo HP, não nem de longe um cidadão modelo. Ele tem várias passagens pela polícia por pequenas infrações e tem horror ao que ele chama de McEmprego. Ele não pensa duas vez antes de cometer essas pequenas infrações, como furtos, para manter longe de um trabalho. Ele é aquele tipo de pessoa que de alguma forma sempre consegue se enxergar como vítima e é incapaz de assumir a responsabilidade pelos seus atos. Então um dia, retornando de trem para casa com uma gigantesca ressaca, HP encontra um celular touchscreen em assento vazio e nem sinal do dono, não que ele fosse devolver o celular de qualquer forma… Ele está pensando que ganhou o dia e já está até imaginando quanto iria faturar pela venda do aparelho, quando uma mensagem chega ao celular. E aí que as coisas começam a ficar estranhas, porque seja quem for que esteja mandando a mensagem, a mandou especificamente para ele, com o seu nome nela. A mensagem é bem simples, a pessoa do outro lado está propondo um jogo, um desafio para HP. A princípio ele pensa que é um velho amigo seu, Manga, que está zoando com a cara dele, então entra na onda e cumpre a pequena missão proposta pelo Mestre do Jogo. Porém mais tarde, HP descobre que não era uma brincadeira de amigo, que aquilo era real e que era sério, e que poderia se tornar ainda mais sério. No melhor estilo O Clube da Luta, O Jogo deve ser mantido em segredo ou a punição pode ser severa, as regras devem ser respeitadas. E depende do HP entrar com tudo no Jogo, mas estaria ele disposto a executar as missões enviadas pelo Mestre do Jogo em troca de dinheiro e reconhecimento virtual? O quanto ele está disposto a arriscar? Então a pergunta que resta é: Você tem certeza que quer jogar?
Regra 1: Nunca fale com ninguém fora da Comunidade do Jogo sobre o Jogo.Regra 2: O Mestre do Jogo dirige o Jogo, distribui missões, prêmios e - se necessário - punições. A autoridade do Mestre do Jogo é absoluta, todas as decisões devem ser obedecidas e não há direito de recurso.
Consequências
Quebrar ou desobedecer às Regras do Jogo resultará na imediata Desclassificação e Expulsão.
A outra personagem desse livro é Rebecca Normén. Ela pode ser considera o oposto de HP. Ela é uma guarda-costa do serviço de proteção do governo sueco, extremamente responsável, mas que está escondendo algo sobre o seu passado. Ela é extremamente focada e profissional, só pensa em como crescer profissionalmente, como subir na hierarquia. Porém os eventos de seu passado podem atrapalhar essa sua meta, pois eles podem interferir no seu desempenho. E como não bastasse seus desafio pessoais, Rebecca terá de enfrentar pequenos preconceitos dentro do seu emprego ao mesmo tempo que as ameaças externas aos seus protegidos, típicas do seu trabalho, parecem sempre aumentar.

O destino desses dois personagens irá se entrelaçar e O Jogo mudará a vida de ambos completamente. Suspense, intrigas, mistérios e muita ação são só alguns dos pontos fortes desse livro. A narrativa intercalada entre as duas personagens nós mantêm presos do início ao fim. A conspiração vai aumentando a cada página, assim como o perigo que os envolve. Conforme o fim se aproxime, você já está desconfiando de tudo e todos. E é claro que o final te deixa desesperado para ler o segundo livro logo. Quem é o Mestre do Jogo? Quem são os jogadores? O que é real e o que foi planejado? O que é realmente O Jogo?

Mais um excelente livro vindo das terras de Stieg Larsson. Se você gostou da trilogia Millenium, não tem como não gostar dessa trilogia também. Por segurança, a partir de agora, eu não chego nem perto de celulares perdidos na rua, os donos que me desculpem, mas eles vão ter de localizá-los usando o GPS. Ao que tudo indica, essa excelente história irá virar um seriado americano, e eu já estou louca para assisti-lo. O segundo livro já foi lançado aqui no Brasil e já estou pesquisando os preços para comprar. 

A edição do livro também está linda, bem DarkSide, capa dura levemente aveludada, páginas grossas e amareladas, acabamento impecável. Sem dúvidas dei 5 estrelas para o livro, tanto pela a qualidade da história quanto pela qualidade da edição. Não perca tempo e entre você também nesse Jogo e descubra se você consegue desvendar todos os mistérios.
Aventura sem risco era a merda da Disneylândia! Era hora de descobrir exatamente até que profundidade essa toca do coelho ia!
Classificação


Sobre o autor


ANDERS DE LA MOTTE (1971) foi oficial de polícia e diretor de segurança de uma das maiores companhias de ti do planeta. Atualmente, trabalha como consultor de segurança internacional. E, assim como fez Stieg Larsson com sua trilogia Millenium, está trazendo de volta a atenção do mundo para a tradicional literatura da Suécia, que agora ganha status de referência em suspense. (Deve ser a Aquavit.) De La Motte escreve em ritmo acelerado, misturando humor, suspense e comentários sobre informática e mídias sociais. Seu texto é selvagem e repleto de referências à cultura pop. O premiado Volume 1 da Trilogia The Game é sua estreia na ficção.







34 comentários:

  1. querida Patricia, a Darkside vem nos brindando com um capricho que por anos foi incomum por aqui, graças a ela todas as outras estão correndo atrás, tornando o livro mais atraente. já li várias resenhas a respeito desta trilogia e confesso que estou dividido. muitos acham o livro arrastado, outros veneram. o que importa mesmo é que os nórdicos estão com a bola toda, mandando no gênero policial, então cabe-nos ler e opinar mesmo. sua resenha está redondinha, como sempre. então a balança está pendendo para o lado de correr e comprar, graças a você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro possui capítulos relativamente curtos e narrativa intercala, e por isso dificilmente eu consideraria a leitura arrastada. Mas além desses fatos, a estória me prendeu bastante desde o início, talvez por amar um bom mistério.
      bjs.

      Excluir
  2. Eu quero muito ler esse livro. Tem algo nele que me atrai, sem falar que é meu estilo de livro.
    bjs, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem a minha cara também. Agora preciso comprar o segundo!
      bjs.

      Excluir
  3. Eu adorei o livro mas dei 4 estrelas porque apesar de estar gostando muito da leitura ela não tava me prendendo. Mas to ansiosa para ler o segundo depois daquele final tenso. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, quem sabe nos próximos você não se empolga mais com a estória?
      bjs.

      Excluir
  4. UAU... Adoro livros de autores suecos, eles tem um jeito muito peculiar de escrever. Adorei a dica ♥
    Vou procurar esse livro, já que amo Stieg Larsson.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já assiti uma resenha sua onde você declara o seu amor pelo Stieg, e devo dizer que não poderia concordar mais com você.
      bjs.

      Excluir
  5. Oi, Patrícia
    Não sei, não consigo me sentir atraído por essa trilogia. Ela parece ter uma história bem intrigante e tudo o mais, mas mesmo assim.. kk
    Nunca li Stieg Larsson nem Clube da Luta, então esse tipo de história seria novidade para mim. Vou esperar sair o terceiro e ver o que dizem a respeito do final. Pra ver se vale a pena eu me arriscar.

    Beijo,
    João Victor - De cabeça para baixo | All POP Stuff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se arrisque sim, quem sabe esse não se tornará um dos seus livros favoritos?
      bjs.

      Excluir
  6. Olá, por mais que amo romances , me senti atraída por essa trilogia, ainda não a conhecia mas sua resenha me despertou um desejo de ler, Parabéns ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um mistério sempre nos atrai, sem contar que é divertido ficar lendo vários gêneros diferentes.
      bjs.

      Excluir
  7. Oi, Patrícia!
    Gosto de histórias de suspense e essa me chamou atenção. Parece ser o tipo de livro que não conseguimos largar. Fiquei curiosa para descobrir os mistérios desse jogo.
    Beijos

    http://tudoqueeuli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que não faltam são mistérios…
      bjs.

      Excluir
  8. Olá,

    adorei sua resenha, parece ser bom o livro, mas não pretendo ler por agora, mesmo que seja interessante como parece, pretendo ler outros livros. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oie, adorei sua resenha, esse livro parece ser demais e ainda tem a Darkside como editora, é para acabar com corações mesmo. E mulher se ver meu celular na rua por favor pegue kkkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DarkSide é muito amor, eles me convencem a comprar um livro só pela capa, mas ainda por cima o conteúdo consegue ser ainda melhor… E sinto muito, não vou pegar o seu celular nem louca!
      bjs.

      Excluir
  10. Esse é um livro que está desde que lançou nos meus desejados, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Eu gostei bastante da premissa, e acho que também ficaria com medo de pegar o celular de outra pessoa, hahaha. A edição da editora é sempre perfeita. <3
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Ainda não tive a chance de ler Stieg Larsson, mas a menção ao Clube da Luta me deixou muito interessado! Gostei da resenha, me despertou uma centelha de vontade pra ler.
    http://chubbleeeu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dois ótimos livros, e agora um outro ótimo livro também. Te recomendo os dois livros dos autores suecos, são maravilhosos.
      bjs.

      Excluir
  12. Não conhecia esse livro, mas adorei a sinopse e, principalmente, a resenha... minha lista de leituras acabou de aumebtar kkkk

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continue a crescer, continue a crescer…
      bjs.

      Excluir
  13. Olá Patrícia, tudo bem?

    Pelo que pude perceber, esse é um daqueles livros que misturam alguma coisa com Distopia, certo? Me desculpe se não consegui entender direito, mas foi o que me passou alguns detalhes dele em sua resenha.


    Bom, mesmo sendo uma linda edição da Dark, eu vou esperar mais um pouco antes de me aventurar, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse livro não há nada relacionado à distopias. Ele tem muitos mistérios, mas é só o nosso mundo normal mesmo.

      bjs.

      Excluir
  14. Olá... Adorei a resenha ... Com certeza vai para lista de Quero ler... obrigada pela dica ;)

    ResponderExcluir
  15. Patricia, já ouvi falar bastante sobre os livros dessa trilogia e apesar de até achar legal, eu não sei se leria, pois não parece fazer meu estilo de leitura.
    Mas quem sabe até daria uma chance se ganhasse ou algo do tipo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que seriam um presentão. Mas se eu fosse você daria uma chance porque os livros são maravilhosos.
      bjs.

      Excluir
  16. Oi, Patrícia, tudo bem?
    Eu nunca li nada da Stieg, mas tenho muita vontade, principalmente de ler a Trilogia Millenium. Não sabia que ela que era a autora deste livro. Fiquei bem curiosa com a história.
    Ótima resenha, beijos!
    http://www.quinzeinvernos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é o mesmo autor, ele apenas é sueco também.
      bjs.

      Excluir
  17. Oie, tudo bom?
    A história desse livro parece ser repleta de ação e tensão. Imagina você ser obrigado a entrar em um jogo desses? Não sabia que era uma série, mas fiquei interessada. A capa é muito bonita e a trama é instigante.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior é que o maluco entra por livre e espontânea vontade…
      bjs.

      Excluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor