terça-feira, 20 de setembro de 2016

Resenha: A semente do veneno - de Jeremias Bimbatti Filho

A semente do veneno
Livro das Identidades 3
Jeremias Bimbatti Filho

Sinopse: Certa pessoa aprendeu desde cedo a valorizar hábito de leitura. Começou a observar os amores dentro dos livros pra estudar tudo sobre este sentimento. Motivo? Fugir ao máximo de cair em tal armadilha! É preciso conhecer bem o inimigo! Entretanto, nada como uma festa para o destino pregar uma peça: cruzar o caminho de quem estava no sossego com o de alguém de conversa torta! Será que ninguém aparecerá contra esta monstruosidade estranha? Hummmm! A festança resgatará um monte de lembranças! Um enredo a respeito das tortuosidades na vida, das mudanças inesperadas, das sementes plantadas e dos frutos colhidos. Amor é semente boa ou ruim?
Este texto faz parte da obra "O Livro das Identidades" (ainda em andamento). Há dois elementos publicados antes chamados "A Traição do Sapato Novo" e "O Voo da Mariposa". Todos, do mesmo modo, participam da invenção completa. Porém, ambos funcionam também de maneira separada tendo princípio, desenvolvimento e final. Apesar das histórias serem diferentes, o estilo enigmático proposto possui escala crescente, então o leitor o qual iniciar pelos primeiros terá maior facilidade em desafiar a própria mente. O nível de complexidade só aumenta. Com oito capítulos e extras do escritor (reveladores), o desfecho arrebatador tornará este texto irresistível. Para se ler várias vezes! Ah, somente os espertos conseguirão desvendar o quebra-cabeça na capa deste livro. Desafio lançado!
Resenha

Livro cedido de cortesia pelo autor para resenha.

Nesse novo conto do Livro das Identidades conhecemos uma jovem apaixonada por livros. Ela é bastante romântica, ao menos no nível literário, pois na vida real ela anda bem desiludida. Não porque sofreu alguma desilusão amorosa, pois nunca se relacionou com alguém, mas sim porque não acredita muito nos homens. Como a mãe trabalha em um bordel, ela está acostumada a conviver com os piores exemplos masculinos. Isso sem contar o exemplo do próprio pai, que abandonou ela e a mãe. E de certa forma, os livros também são culpados por tanto cinismo, afinal, uma coisa que ela aprendeu com eles é que o amor pode ser bem perigoso.

Então fica fácil entender porque ela prefere passar os seus dias lendo ao invés de ficar suspirando por aí atrás de uma amor. Sem contar que tais livros permitem que ela viaja além de suas condições sociais, ou seja, a libertam. Eles permitem também que ela sonhe com um futuro melhor. Por conviver durante tanto tempo com homens indesejáveis, ela já está acostumada a se desligar do mundo quando mergulha nos seus livros, abafando completamente comentários dispensáveis dos clientes do local.

Mas eis que um dia um homem bêbado decide perturbá-la mais do que qualquer outro. E o que acontece a partir daí, você terá de ler o conto para descobrir. Mas já adianto que ela terá muitas surpresas pela frente, agora resta saber se tais surpresas são boas ou más.

Esse conto, assim como os outros, pode ser lido de forma independente, mesmo sendo o conto 3. Porém, novamente eu recomendaria a ler os outros dois primeiros. Porque caso contrário parte do mistério envolvendo a estória irá se perder. Uma coisa muito interessante são os nomes dos capítulos, sem dúvidas vocês verão logo a associação que foi feita.

A narrativa do autor nesse livro foi muito boa e a personagem se expressa quase que de forma poética, talvez justamente porque gosta tanto de ler. Eu gostei bastante do mistério desse livro, demorou um pouco até eu entender o que estava acontecendo. A capa do livro também tem um pequeno mistério que eu não consegui desvendar sozinha, tenho sérios problemas com desenhos, hahaha. Acabei dando 4 estrelas para o livro, por causa de uma coisa referente a personalidade da personagem, mas que não posso dizer que coisa é essa porque não quero entregar nada.

Sem dúvidas eu recomendo a leitura, não só desse conto, como dos outros 2 também. Se você gosta de mistérios, então você irá gostar dessas estórias. Os contos são curtos e estão sempre baratinhos na Amazon. Então não deixem de ler!






Classificação







10 comentários:

  1. Ola Patricia se a intenção foi deixar o leitor curioso, você conseguiu, me conte o que acontece com a mocinha rsss, interessante a premissa do conto, não o conhecia assim como o autor, serei obrigada a ler e matar minha curiosidade. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A boa notícia é que os contos estão sempre baratinhos na amazon!

      bjs.

      Excluir
  2. Olá!
    Confesso que fiquei bastante interessada em ler o conto. Gostei muito da premissa e de saber da forma poética que a personagem se expressa. Além da curiosidade de saber como termina.
    Dica anotada!
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ditado deveria ser "a curiosidade matou o leitor", nós sempre ficamos loucos para resolver mistérios.

      bjs.

      Excluir
  3. Eu não uma grande fã de contos, mas quando me deixam curiosa assim eu corro para ler rs. Já quero um exemplar pra chamar de meu e descobrir o que acontece :)

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não deixe de ler os outros 2 também.

      Bjs.

      Excluir
  4. Olá, não conhecia a obra, mas como sou fã de contos me interessei bastante. Sua resenha ficou ótima, parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Os outros contos do autor também são muito bons e tão cheios de mistérios quanto esse. Não deixe de ler todos!

      bjs.

      Excluir
  5. Patricia não conhecia os contos citados, mas segundo sua opinião eles me pareceram interessantes.
    Dica anotada, mas confesso que dei uma parada na leitura de contos porque estou reorganizando minha rotina de leitura. Espero em breve voltar a intercalar contos com histórias mais longas.
    Sobre o enredo do conto resenhado hoje, fiquei curiosa para saber como uma pessoa pode ser romântica e não acreditar nos homens, achei contraditório. Imagino os traumas da personagem mas fiquei me questionando como é possível.
    Que máximo ela ser apaixonada pelos livros e sentir-se livre através deles.
    Quantas páginas esse conto tem!!??? Senti falta dessa informação.
    Enfim valeu pela dica e parabéns pela leitura.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses contos são curtinhos e baratinhos. São bons para ler entre leituras mais longas, para dar aquela quebrada. Eu adoro fazer isso.

      Bjs.

      Excluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor