quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Resenha: O Feiticeiro de Terramar - de Ursula K. Le Guin

O Feiticeiro de Terramar
Ciclo Terramar - Livro 1
Ursula K. Le Guin
Editora Arqueiro



Sinopse: Há quem diga que o feiticeiro mais poderoso de todos os tempos é um homem chamado Gavião. Este livro narra as aventuras de Ged, o menino que um dia se tornará essa lenda.
Ainda pequeno, o pastor órfão de mãe descobriu seus poderes e foi para uma escola de magos. Porém, deslumbrado com tudo o que a magia podia lhe proporcionar, Ged foi logo dominado pelo orgulho e a impaciência e, sem querer, libertou um grande mal, um monstro assustador que o levou a uma cruzada mortal pelos mares solitários.






Resenha

Livro cedido de cortesia pela Editora Arqueiro para resenha.

Existe um feiticeiro em Terramar que é uma verdadeira lenda, o maior feiticeiro que já existiu. O que não faltam são feitos deles para serem narrados e cantados, porém antes de virar essa lenda, o feiticeiro Gavião foi um garoto, talvez não igual aos outros, mas ainda assim um garoto. Nesse primeiro livro do ciclo de Terramar nós conhecemos o início de tudo, o passado do Gavião, começando pela sua infância.

Nascido como um sétimo filho (de um sétimo filho?) e com o nome Dunny, ele se tornou órfão de mãe muito cedo e praticamente cresceu livre e selvagem na pequena ilha de Gont, uma das muitas ilhas que formam Terramar. Um dia, porém, por puro acidente ele acaba revelando seus poderes. Não que ele próprio tivesse qualquer chance de descobrir isso sozinho, na verdade quem acaba descobrindo é a bruxa da aldeia, que por acaso era sua tia, que acaba o adotando como um tipo de aprendiz. E desde o início ele se revela extremamente talentoso, surpreendendo a bruxa e todos os feiticeiros que passam por lá.

Esse foi o primeiro passo de Dunny no caminho que ele deveria seguir por toda a vida: o caminho da magia, o caminho que o conduziria finalmente a perseguir uma sombra por terra e mar até as praias sombras do reino da morte. Mas, naqueles primeiros passos, o caminho parecia uma estrada ampla e iluminada.

Sua vida poderia continuar durante um longo tempo na mesma rotina de aprender feitiços dos feiticeiros que passam por sua aldeia, que sempre revelam alguma coisa na esperança que o talentoso garoto se torne aprendiz deles. Isso é claro se algo não ocorre, algo que muda totalmente o seu destino. Durante uma invasão, Dunny acaba surpreendendo a todos, usando de feitiços para salvar seus conterrâneos. E não demora muito tempo para que sua façanha comece a viajar de boca em boca, até alcançar os ouvidos de um feiticeiro que pratica alta feitiçaria.

E a partir desse momento que Dunny, que ao atingir a idade de ganhar o seu nome de homem passa a se chamar Ged, começa a trilhar o caminho rumo a grandeza conhecida por todos. Porém para chegar lá ele terá de enfrentar muitos desafios e inimigos, inclusive enfrentar a si próprio. Pois possuir tamanho poder desde muito novo acaba fazendo com que ele se torne alguém extremamente vaidoso e orgulhoso. E esses defeitos acabam por libertar um terrível mal sobre Terramar, um mal que somente ele pode enfrentar e derrotar. Se ele não for capaz, ele irá morrer. E se isso acontecer, Terramar estará sob a ameaça de um perigo mortal.

Ele sentiu frio. Ao olhar por cima do ombro, viu que havia algo agachado ao lado da porta fechada; uma massa disforme de sombra mais escura que a escuridão. Parecia estender-sena direção dele, murmurar e chamá-lo num sussurro; mas ele não compreendia as palavras.

O Feiticeiro de Terramar é um clássico livro de fantasia, literalmente clássico. Publicado em 1968, esse livro sem dúvidas serviu como guia para muitos autores que amamos hoje em dia. Lendo o livro, não há como não reconhecer traços do mundo criado pela Ursula em outros grandes sucessos de fantasia, como Harry Potter, O Nome do Vento, Meio Rei, Eragon e tantos outros. Se você for um fã de fantasia, você sem dúvidas conseguirá enxergar todas essas similaridades. O livro conta com as características básicas desse gênero: magia, dragões, uma jornada, inimigos sombrios, etc. 

A narrativa do livro é leve e envolvente. Contando com poucas páginas, 176, o livro é facilmente devorado, e por esse mesmo motivo não é possível que eu conte muitos detalhes. O interessante desse livro, um grande diferencial, é que o pior inimigo de Ged pode ser justamente ele, se ele se deixar levar por todo o seu orgulho. Os anos se passam rapidamente ao longos das poucas páginas, então se você não curte estórias com crianças como protagonistas, não se preocupe.

A partir de então ele passou a acreditar que sábio é aquele que nunca se separa das outras criaturas vivas, quer elas falem ou não.

Como eu disse, O Nome do Vento tem algo parecido com esse livro, e isso seria a forma como a estória é contada. Nós já iniciamos a leitura sabendo que Ged se tornará o maior feiticeiro de Terramar, o que nos resta descobrir é como isso irá acontecer, que feitos fizeram com que ele ganhe esse título. E é claro que isso faz com que fiquemos muito curiosos, pois temos a certeza que o personagem será muito f*$(@, e quem não ama esse tipo de personagem? Então nem preciso dizer que já estou louca para ler o próximo livro. Não existe uma faixa etária indicada para esse livro, seja criança ou adulto, sem dúvidas esse livro agradará a todos. A minha classificação ficou sendo 5 estrelas.

A edição do livro também está maravilhosa. A capa é linda e o papel é mais grosso do que geralmente a Arqueiro usa, ficou muito legal. Procurei por edições antigas em português desse livro e só encontrei publicações de Portugal, não sei se já houve uma edição brasileira, então fiquei muito feliz pela Arqueiro publicar esse clássico, por sinal a editora esse ano está arrasando no quesito fantasias.

Para finalizar, devo dizer que, se você for fã fantasia não tenha dúvidas que esse livro é leitura obrigatória.


Classificação





Sobre a autora



Ursula Kroeber Le Guin escreveu romances, ensaios, contos, poesia e literatura infantil, destacando-se na Fantasia e na Ficção Científica. Os seus primeiros trabalhos foram publicados em 1960 e, desde aí, as suas obras exploram, nomeadamente, aspectos do taoísmo, anarquismo, etnografia, feminismo, psicologia e sociologia.
O Ciclo de Terramar, composto por cinco narrativas e um livro de contos, e o romance A Mão Esquerda das Trevas, parte do Ciclo de Hainish, são as suas obras mais conhecidas.
Hoje em dia, é considerada uma das melhores autoras vivas do gênero.







11 comentários:

  1. Nossa eu não sabia que ele tinha sido lançado a tanto tempo. Estou entrando no mundo da fantasia agora, e por esse ser no estilo mais clássico não sei se é exatamente para mim. Por outro lado, achei que fosse um livro maior - como normalmente são os de fantasia então por esse motivo e por seguir um passar do tempo mais rápido pode ser uma boa dica...
    Acho que vou dar uma chance :)
    Beijinhos,
    Lica
    amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro foi publicado em uma época em que a fantasia ainda era vista como leitura de criança, mas sem dúvidas o livro passa longe de ser somente isso. Apesar de ser antigo e um clássico, ele não é diferente das fantasias que lemos hoje em dia, até porque muitos autores se inspiraram na escrita da autora. Então você pode ler sem receios, não tenho dúvidas que irá amar.

      Bjs.

      Excluir
  2. Olá,
    Também desconhecia que esse livro havia sido lançado a tanto tempo assim! E como você disse é um clássico que quem é fã de fantasia deve ter a obrigação de ler. Então com certeza já foi adicionado na minha lista de desejados!
    Achei bem interessante saber que Ged será um grande feiticeiro e que o livro nos mostrará como ele chega a esse ponto!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo personagens super f*&#&$, então saber que isso irá acontecer já me deixa super ansiosa.

      bjs.

      Excluir
  3. Olá!
    Não sabia que esse livro era tão antigo assim! E saber que ele foi a fonte de inspiração para muitos outros que sou apaixonada agora me deixou com ainda mais vontade de realizar essa leitura, mal posso esperar!
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A leitura foi extremamente prazerosa, ainda mais conforme eu reconhecia características herdados por outros autores que eu tanto amo também.

      bjs.

      Excluir
  4. Olá Patty, meu filho está lendo esse livro a passos de tartaruga por conta do enem, mas está gostando muito do enredo do livro, eu mesmo fiquei curiosa ao ler a sua resenha, essa autora realmente é muito criativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu filho está perdoado, hahaha... O livro é curto, então mesmo não podendo se dedicar a leitura, ele não deve demorar muito mais para terminar.

      bjs.

      Excluir
  5. Ola Patricia lindona estou doida para ler esse livro e não vejo a hora de acompanhar a história desse grande mago desde o começo, e conhecer um pouco mais dessa escrita que influenciou autores consagrados como os citados em sua resenha. A capa é linda. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você irá adorar descobrir essa estória.

      bjs.

      Excluir
  6. Curtam a página https://www.facebook.com/feiticeirodeterramar/

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor