segunda-feira, 20 de março de 2017

Resenha: Donnie Darko - de Richard Kelly

Donnie Darko
Richard Kelly

Editora DarkSide


Sinopse: A história de Donnie Darko é fácil de resumir – e talvez por isso mesmo ele tenha se transformado no filme preferido de tanta gente mundo afora: um adolescente problemático, com sintomas de esquizofrenia e sonambulismo, escapa da morte quando uma turbina de avião cai no seu quarto. Ele passa a ter visões com Frank, o humano numa estúpida roupa de coelho, ou seria o contrário? Enquanto espera pelo fim do mundo (contagem regressiva em 28:06:42:12), e pelo Dia das Bruxas, Donnie enfrenta conflitos que todos nós já experimentamos em algum momento da vida: professores autoritários, a descoberta de uma paixão, hormônios à flor da pele, diálogos reticentes entre pais e filhos, a eterna busca pelo sentido da vida – se é que ele pode mesmo ser encontrado.
Além do roteiro original, Donnie Darko, o livro surpreende pelo conteúdo extra. A começar pelo prefácio exclusivo, assinado por Jake Gyllenhaal. O astro de sucessos como Zodíaco, Soldado Anônimo, Príncipe da Pérsia e O Segredo de Brokeback Mountain, que lhe rendeu uma indicação ao Oscar, até hoje é parado nas ruas por admiradores que querem saber sua opinião sobre o que realmente Richard Kelly quis contar em seu filme de estreia.
E se você também está curioso, por que não ler o que o próprio diretor e roteirista tem a dizer sobre Donnie Darko, Gretchen, Frank e companhia? Kelly concede uma robusta entrevista sobre todo seu processo de criação. Uma verdadeira aula sobre o amor ao cinema e as armadilhas da indústria do entretenimento.
Para ficar ainda mais completa, a Limited Edition da DarkSide Books – em capa dura, marcador exclusivo e aquela qualidade que qualquer leitor exigente sente gosto de exibir na estante de casa – traz uma surpresinha a mais: A Filosofia da Viagem no Tempo. Isso mesmo, uma reprodução de trechos do livro escrito por Roberta Sparrow, a Vovó Morte do filme. É o livro que Donnie lê para tentar desvendar o que está acontecendo no mundo ao seu redor. Agora você tem a mesma oportunidade. Quem sabe não encontre finalmente as respostas que tanto procurava?
Resenha

Donnie Darko é um jovem problemático. Ele sofre de sonambulismo e apresenta um quadro de esquizofrenia, dentre outras coisinhas. Ele mora em uma cidade pacata, onde todo mundo se conhece, e tipicamente republicana. A vida do Donnie é bem simples, se resumindo a escola, seus amigos, sua família e suas sessões com uma psicóloga. Mas a vida dele está prestes a mudar. Isso porque ele começa a ver um coelho gigante (ou melhor dizendo, alguém fantasiado de coelho), chamado Frank, que chega já anunciando o fim do mundo, e muito em breve. Em 28:06:42:12 para ser mais exata. 

Após essa primeira visão do Frank, tudo começa a seguir o que parece ser um caminho sem volta. Uma turbina cai em cima do seu quarto, e ninguém sabe dizer de onde diabos ela veio. Uma série de outros eventos também vão desenrolando de forma quase que fatalista. Não quero detalhar muito os eventos para estragar a experiência.
Donnie: Por que você usa essa fantasia ridícula de coelho?
Frank: Por que você está vestindo essa fantasia ridícula de homem?
Ao mesmo tempo que Donnie tenta entender a presença de Frank, ele também busca uma forma de interpretar sua profecia de fim do mundo. As peças desse quebra-cabeça vão se encaixando aos poucos, revelando um quadro final que irá te deixar pensando durante muitos e muitos anos. E é justamente aí que reside toda a mágica desse filme / livro. 

Primeiramente, devo recomendar que você assista ao filme antes de ler esse livro. Ele nada mais é do que o roteiro do filme, com alguns extras. Inclusive, antes mesmo de começar o roteiro em si, o livro tem uma entrevista com o diretor/roteirista do filme, o que poderia acabar dando alguns spoilers.

A estória do Donnie Darko é diferente de qualquer coisa que você irá ler, é um caso raro de originalidade no cinema. E por possuir um final aberto e uma estória tão bem desenvolvida, até hoje muitas pessoas ainda ficam filosofando sobre o que realmente é o filme. Não é atoa que esse filme já nasceu um clássico, que merece ser assistido muitas e muitas vezes. A profundidade da estória é uma das coisas mais impressionantes, além da complexidade dos personagens, o conjunto da obra é simplesmente brilhante. Prepare-se porque rola uma ressaca no final, totalmente inevitável. E como já disse, você ficará constantemente revivendo o filme, remotando os fatos e os detalhes (ahh.. os detalhes), e filosofando sobre tudo.

Sobre a edição do livro, não há qualquer reclamação. Por ser um livro da DarkSide, nem é preciso dizer como a edição está maravilhosa. Junto com o livro vem um marcador de página no formato de um avião, lindo e maravilhoso. Além da entrevista, logo no início, após o roteiro propriamente dito, o livro possui também fragmentos de um certo livro citado na estória de Donnie. Só achava que a entrevista deveria vir após o roteiro.
Toda Criatura viva na terra morre sozinha
Tendo você ou não assistido ao filme Donnie Darko, sem dúvidas eu recomendo esse livro. Se você assistiu, você irá amar desbravar ainda mais essa estória. Principalmente se você não entendeu o final, hahahaha. Se você ainda não assistiu, primeiro você vai lá assistir porque o filme é maravilhoso, e depois você vai comprar o livro porque ele também é maravilhoso e você já estará totalmente louco pela estória.


Classificação



Sobre o autor:

Richard Kelly se destacou no filme Donnie Darko em 2001 como diretor.
Depois que saiu de Virgínia foi para California estudar na escola USC de Cinema e Televisão onde fez duas curta metragens.
O estilo de Richard Kelly é composto de fotos de rastreamento baseado Steadicam e movimento de câmera em geral, elementos satírica, comédia, drama, e parcelas enigmática. Alguns o compararam com David Lynch por causa de seu mau presságio, o estilo de narrativa intrigante e sinistro. A música também desempenha um grande papel nos filmes de Richard Kelly.
Embora os filmes de Richard Kelly diferem consideravelmente no cenário e personagens eles compartilham temas semelhantes do existencialismo tempo de viagem, e a espiritualidade.





12 comentários:

  1. Olá, tudo bem ?
    Esse estilo de leitura não é algo que eu curta muito, então seria um livro que eu não leria. Acho dois pontos delicados o sonambulismo e a esquizofrenia, juntar os dois certamente o resultado são personagens densos e complexos. Mas desta vez vou pular seu conselho, não quero me arriscar nem no filme e nem no livro.
    Mas, achei sua resenha bem escrita e interessante.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bom?
    Confesso que a ideia de ver um coelho gigante não me agrada, hihi. Estava com medo dessa capa, mas depois da sua resenha fiquei com vontade de conhecer essa história sobre esquizofrenia e sonambulismo. E que interessante a sua indicação para assistir ao filme antes de ler, geralmente é ao contrário que acontece! Parabéns pela resenha, muito bem escrita.

    Beijos, Rob
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu não havia me atentado ao fato desse livro ser o roteiro do filme.. Não vi o filme ainda, mas quero muito esse livro. Adoro esse suspense e esse tipo de livro/filme que nos coloca pra tentar decifrar as coisas. Só não sei se irei gostar muito desse final aberto... tenho sérios problemas com isso.

    Ótima resenha!
    Beijokas
    Thaisa Lima

    ResponderExcluir
  5. Oi, adoro o filme Donnie Darko, essa é uma das minhas obras desejadas da editora.
    Mas, não acredito que a lerei tão cedo pois não tenho o livro e por hora não pretendo adquirir livros da editora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oiii Patricia, tudo bem?
    Menina eu sou louca para ler esse livro que você nem imagina, fico feliz que tenha trazido a resenha para nós ainda mais dessa edição que é um luxo, pretendo comprar futuramente com toda certeza.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Já assisti ao filme a um bom tempo atrás por indicação de um amigo e confesso que não me lembro muito dele, só que achei bem surreal na época.
    A premissa é interessante e creio que realmente é uma obra com extrema originalidade e pronta para nos dar um nó na cabeça para saber o que é real ou não.
    Esse coelho sempre me assustou um pouco rsrs

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente, não assisti ao filme Donnie Darko, mas vou assistir, sobre o livro, tenho vontade de tê-lo, muito mais pela estética.

    ResponderExcluir
  9. Adorei! Simplesmente adorei.
    A premissa é um doideira que muito me agrada.
    Vou procurar o filme, então, e assistir. Depois leio o livro.
    Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Eu estou enrolando para assistir esse filme, mas sua resenha acabou me convencendo e vou ver hoje mesmo. Quero muito dar uma chance ao livro também e como você disse que ele deve ser lido após o filme, comprarei logo em seguida então. Estou curiosa para conhecer esse protagonista tão peculiar.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  11. Adorei a premissa do livro, esquizofrenia e sonobulismo realmente não deve ser a melhor combinação, mas deve ter resultado numa história um tanto quanto interessante. Só não curto muito finais abertos, exatamente por me deixarem pensando neles por dias sem fim. Acho que farei como você disse e assistirei ao filme primeiro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oii Pat!

    O livro parece intrigante! Vou dar uma chance ao filme e quem sabe procuro o livro :)

    Beijos

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor