segunda-feira, 16 de abril de 2018

Resenha: As Brigadas Fantasma - de John Scalzi

As Brigadas Fantasma 

Guerra do Velho - Livro 2 
John Scalzi 
Editora Aleph

Sinopse: As Brigadas Fantasma são as Forças Especiais das Forças de Defesa Coloniais, tropas de elite criadas a partir do DNA dos mortos e transformadas em soldados perfeitos para as operações mais difíceis da CDF. Eles são jovens, são rápidos e fortes, e eles estão totalmente sem escrúpulos humanos. 
O universo é um lugar perigoso para a humanidade - e está prestes a se tornar muito mais perigoso. Três raças com as quais os humanos enfrentaram antes aliaram a nossa expansão para o espaço. Seu linchpin: o cientista militar Turnoard Charles Boutin, que conhece os maiores segredos militares da CDF. Para prevalecer, a CDF deve descobrir por que Boutin fez o que fez. 
Jared Dirac é o único humano que pode fornecer respostas - um híbrido sobrehumano, criado a partir do DNA de Boutin, o cérebro de Jared deve poder acessar as memórias eletrônicas da Boutin. Mas quando o transplante de memória parece falhar, Jared é dado às Brigadas Fantasmas. 
Em primeiro lugar, Jared é um soldado perfeito, mas quando as memórias de Boutin se estendem lentamente, Jared começa a intuir o motivo da traição de Boutin. Como Jared procura desesperadamente por seu "pai", ele também deve enfrentar suas próprias escolhas. O tempo está acabando: a aliança está preparando sua ofensiva, e algumas delas planejam coisas piores do que a mera derrota militar da humanidade.
Resenha 

Uma das maiores surpresas que tive no ano passado foi a Guerra do Velho. Então esse segundo livro furou completamente a fila de leitura e não me arrependi. Nesse segundo o foco são as Brigadas Fantasmas, como o próprio nome do livro deixa claro. Então não iremos ver o John Perry nesse livro, porém iremos nós encontrar constantemente com a Jane. Porém, a mesma não é a principal desse livro. Então vamos à estória. 

Conforme descobrimos no final do primeiro livro, a União e, assim sendo, os humanos, podem estar prestes a entrar em uma guerra a qual não conseguiriam vencer. Três raças estão se unindo para lutar contra a União e isso tudo só foi possível graças à um humano traidor, Charles Boutin. 

A única esperança dos humanos é descobrir os planos do Boutin, mas para isso eles precisariam do próprio Boutin. O que é um pouco difícil considerando-se que o mesmo está desaparecido (e possivelmente se escondendo com uma das 3 raças alienígenas) desde que simulou sua própria morte com um clone. Porém, nem tudo parece perdido, pois os militares conseguiram encontrar no antigo computador de Boutin uma cópia da consciência do mesmo. 

Visando descobrir todos os segredos do traidor, é criado então um soldado das Forças Especiais com o DNA de Boutin como base e inserida a consciência resgatada no computador. Um plano aparentemente perfeito, exceto pelo fato que não foi perfeito. Porém no primeiro momento ele não dá muito certo, pois esse soldado, Jared, é um humano completamente novo, sem as memórias do traidor. 

Sendo assim, Jared é enviado para as brigadas fantasma para começar o seu treinamento como qualquer soldado comum das forças, sem ter ideia da razão por trás do seu “nascimento”. Mas mesmo sem as memórias, Jared é envolvido nos planos de combate à essa futura guerra. Pois as forças especial vão ser a principal arma para acabar com a guerra antes que ela sequer comece. Para tal eles precisarão realizar missões secretas, e não sempre agradáveis, visando atrapalhar os planos dos inimigos, ao mesmo tempo que não podem deixar que eles percebam que a União já está ciente do plano secreto deles. 

E durante o combate secreto à essa aliança, Jared irá descobrir mais sobre o que é ser humano ao mesmo tempo que começa descobrir mais sobre as motivações de Boutin. Sendo ele um clone do traidor, embutido com sua consciência, Jared terá que descobrir quem ele realmente é. Será ele um traidor como Boutin, ou uma pessoa completamente diferente, que irá lutar para salvar a humanidade? 

A narrativa desse segundo livro é mais uma vez empolgante e fluida. Com um equilíbrio perfeito entre estratégia e batalhas reais, mais uma vez somos agraciados com um enredo de tirar o fôlego. Entre sangue e conspirações, nós resta apenas devorar o livro rapidamente para descobrir o que irá acontecer com a raça humana, torcendo a cada capítulo para que tudo der certo. A cada livro desbravamos mais esse universo tão rico e tão cheio de inimigos. Planetas, raças, tecnologia, essa série realmente parece não ter um limite, a cada volume seremos presenteados com mais novidades. O autor consegue mais uma vez nos conquistar com seus personagens, mesmo sendo vários deles sendo apresentados somente nesse livro. E mais uma vez ficamos com aquela angústia da morte eminente que qualquer um, pois como em qualquer guerra, o que não faltam são mortes. 

Como também ocorreu no primeiro livro, esse segundo termina com um gancho para o próximo, me deixando desesperada para saber sobre uma certa coisa… 

A edição do livro segue o padrão do primeiro livro e não tenho reclamações. Para ser melhor, só se fosse em capa dura. Sem dúvidas recomendo essa maravilhosa obra de ficção, de um gênero tão pouco representado nos últimos anos. Essa série é simplesmente perfeita! 

Classificação 



Sobre o autor 

John Scalzi escreve livros, o que, considerando onde você está lendo isso, faz todo o sentido. Ele é mais conhecido por escrever ficção científica, pelo qual ganhou o Prêmio John W. Campbell (2006) e foi nomeado para o Prêmio Hugo pelo melhor romance (2006, 2008, 2009). Ele também escreve não-ficção, em assuntos que vão desde finanças pessoais até astronomia para cinema e foi o Consultor Criativo para a série de televisão Stargate: Universe. Ele gosta de torta, assim como todas as pessoas que pensam direito. Você pode chegar ao seu blog digitando a palavra "Qualquer" no Google. Não, sério, experimente. 







7 comentários:

  1. Olá, tudo bem?

    Eu não li o primeiro livro, mas adorei saber que esse segundo é tão bom quanto. Confesso que não leio tanto ficção cientifica, e fiquei com vontade de ler essa série. Vai ser série ou trilogia?


    Abraços

    www.decaranasletras.com

    ResponderExcluir
  2. Guerra do velho já esta na minha lista de leitura deste ano assim que ler coloco Brigada Fantasma no meus alvos de de leituras .

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Quero tanto ler esse livro. E se vc diz que a leitura desse livro é empolgante eu credito e já salvei! Beijokas!

    ResponderExcluir
  4. Não curto muito essa vertente literária, ms as capas estão tão lindas que já me vi curiosa em ler varias vezes!
    Essa sua resenha também me deixou bastante curiosa, então, vamos lá anotar essa dica!! :D

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. ainda não li esse e o primeiro volume, mas tenho mta curiosidade com esse enredo...as edições são belissimas, um trabalho de mestre por parte da Aleph...
    bjs... ^^

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu li o primeiro livro ano passado e também me surpreendi positivamente. Mesmo não sendo fã de ficção científica, adorei esta leitura e fui completamente envolvida. No entanto, confesso que achei o final satisfatório e não senti a necessidade de uma continuação.
    Mas, mesmo sem julgar necessário, estou muito curiosa para ler esse segundo livro. Fico feliz que ele continue com o ritmo dinâmico do livro anterior e que, mesmo a maioria dos personagens sendo novos, eles também sejam cativantes.
    Adorei a resenha e espero conseguir ler este livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Patricia, tudo bem com você? Ainda não tive a oportunidade de ler esses livros, mas estão nos meus desejados. Ao ler sua resenha percebi que realmente vou gostar deles, pois possuem vários detalhes interessantes. Parabéns pela resenha!
    Bjkas

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor