quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Lançamentos de Novembro do Grupo Companhia das Letras


Olá amigos, tudo bem?

Aqui estamos voltando as atividades aos poucos, capengando e andando devagar. Porém, não podemos deixar vocês de fora das novidades literárias de nossa parceira, Grupo Companhia das Letras. Então, peguem o bloquinho e a caneta e vamos anotar os livros que vamos comprar no mês de novembro. Eu espero! 😉

Dicionário da república
51 textos críticos
Lilia Moritz Schwarcz 
Páginas: 504
Editora: Companhia das Letras
Um volume denso e plural sobre o tema da república e do republicanismo, desde a antiguidade até as experiências republicanas mais localizadas e, particularmente, no Brasil.
No marco dos 130 anos de sua proclamação no Brasil, persiste entre nós uma espécie de “mal-estar”, como se a República fosse um projeto fadado a nunca dar certo em uma sociedade de raiz escravista, colonial e autoritária, ainda tão desigual. Os 51 verbetes deste dicionário, escritos por especialistas em filosofia, história, ciência política, antropologia, direito, sociologia e jornalismo, buscam promover um resgate crítico dos valores de uma tradição hoje muito esvaziada de sentido e desfigurada pelo esquecimento. Cobrem desde as origens (grega e romana) e diferentes matrizes do republicanismo (francesa, inglesa, italiana, haitiana e norte-americana) até seus grandes princípios (liberdade, direitos, igualdade, cidadania, bem comum) e inimigos (o despotismo, a tirania, a corrupção, o patrimonialismo). Tratam, ainda, dos numerosos movimentos republicanos no Brasil (como Canudos e Sabinada) e de suas várias Constituições ― sem descurar de temas atuais que têm reinventado novas repúblicas a partir de noções de gênero, raça, globalização, religião e mundo digital. Por fim, a farta iconografia do volume, longe de ser mero suporte aos textos, mostra como se deu historicamente a manipulação de símbolos e representações visuais para enraizar, sobretudo em nosso país, uma imaginação republicana.
Geografia / História / Política

Castello: a Marcha para a Ditadura
Lira Neto
Páginas: 432
Editora: Contexto
Figura ambígua, descrita por uns como o mais intelectual dos militares e por outros como um truculento dissimulado, Castello Branco, o primeiro presidente do regime militar que governou o Brasil a partir de 1964, desempenhou papel tão relevante na história recente do país que já estava merecendo um retrato de corpo inteiro. Esta tarefa foi realizada pelo jornalista Lira Neto, com base em consulta exaustiva à vasta documentação e entrevistas obtidas junto a alguns dos principais personagens ainda vivos. O que levou um marechal, que se apresentava como democrata, a, primeiro, aceitar a prorrogação do seu mandato, depois, a se fingir de cego e surdo aos clamores de maus tratos aos presos políticos e, por fim, a decretar quatro atos institucionais e entregar o governo a um inimigo político, o general Costa e Silva, sabidamente autoritário? Castello é uma biografia que responde a estas e muitas outras dúvidas. Urdindo cuidadosamente a teia de informações que levantou, Lira Neto escreveu um livro desmistificador e necessário, além de saboroso de ler, desde já fundamental a todos os que quiserem jogar luz em um dos mais escuros períodos da nossa história.

Um homem sem profissão
Oswald de Andrade
Páginas: 236
Editora: Editora Globo
O único volume concluído das memórias de Oswald de Andrade. A obra reúne as memórias e confissões do autor modernista, relembrando amigos e acontecimentos, aspectos de sua formação pessoal e intelectual, suas paixões e desapontamentos. Edição inclui textos de Antonio Candido e Jorge Schwartz.

Sontag, Vida e obra
Benjamin Moser
Páginas: 704
Editora: Companhia das Letras

O retrato definitivo de Susan Sontag, uma das intelectuais mais importantes do século XX: sua escrita e seu pensamento radical, seu ativismo público e sua vida privada pouco conhecida.
Susan Sontag é uma escritora que representa como ninguém o século XX americano. Envolta em mitos e incompreendida, louvada e detestada, ela foi uma menina dos subúrbios que se tornou símbolo do cosmopolitismo. Sontag deixou um legado intelectual que abrange uma imensidade de temas, como arte e política, feminismo e homossexualidade, medicina e drogas, radicalismos e fascismo, e que é uma chave indispensável para entender a cultura da modernidade.
Nesta biografia, Benjamin Moser (autor de Clarice, uma biografia) conta essas histórias e examina o trabalho sobre o qual a reputação de Sontag se construiu. Ele explora a angústia e as inseguranças por trás da formidável persona pública e mostra suas tentativas de responder às crueldades e aos absurdos de um país que tomava um rumo equivocado, com a convicção de que a fidelidade à alta cultura era um ativismo em si. Com centenas de entrevistas e quase cem imagens, este é o primeiro livro que tem como fontes os arquivos privados da escritora e várias pessoas que por muito tempo não se manifestaram sobre Sontag.

Metrópole à beira-mar
O Rio moderno dos anos 20
Ruy Castro
Páginas: 504
Editora: Companhia das Letras
O que aconteceu no Rio entre o carnaval de 1919 e a Revolução de 30?
Tudo.
Uma cidade em convulsão na imprensa, na literatura, na música popular, na ópera, no teatro, nas artes plásticas, no cinema, na caricatura, na praia, na ciência, na arquitetura, no futebol, na luta das mulheres, nos costumes, no sexo e nas drogas. Se o Brasil dos anos 20 ainda engatinhava rumo à modernização, o Rio de Janeiro tinha vida própria e já era sinônimo de arrojo e vanguarda.
É essa capital fervilhante o cenário e a protagonista do novo livro de Ruy Castro.
Em Metrópole à beira-mar, um de nossos maiores biógrafos faz uma saborosa reconstituição histórica da era de ouro carioca, entrelaçando eventos políticos e culturais à trajetória dos personagens ― os lembrados e os esquecidos ―, que fizeram e mudaram a história.
Quem fez o Rio dos anos 20:
Adalgisa Nery ◦ Adhemar Gonzaga ◦ Agrippino Grieco ◦ Alvaro Moreyra ◦ Aracy Cortes ◦ Benjamin Costallat ◦ Bertha Lutz ◦ Bidu Sayão ◦ Carlos Chagas ◦ Carmen Miranda ◦ Cecilia Meirelles ◦ Di Cavalcanti ◦ Elsie Houston ◦ Eugenia Alvaro Moreyra ◦ Francisco Alves ◦ Gilka Machado ◦ Ismael Nery ◦ Ismael Silva ◦ J. Carlos ◦ Jayme Ovalle ◦ João do Rio ◦ Laurinda Santos Lôbo ◦ Lima Barreto ◦ Manuel Bandeira ◦ Mario Reis ◦ Murilo Mendes ◦ Orestes Barbosa ◦ Oswaldo Goeldi ◦ Patrocinio Filho ◦ Pixinguinha ◦ Procopio Ferreira ◦ Ronald de Carvalho ◦ Roquette-Pinto ◦ Sinhô ◦ Théo-Filho ◦ Vera Janacopoulous ◦ Villa-Lobos

Pequeno manual antirracista
Djamila Ribeiro
Páginas: 136
Editora: Companhia das Letras
Dez lições breves para entender as origens do racismo e como combatê-lo.
Neste pequeno manual, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro trata de temas como atualidade do racismo, negritude, branquitude, violência racial, cultura, desejos e afetos. Em dez capítulos curtos e contundentes, a autora apresenta caminhos de reflexão para aqueles que queiram aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais e assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas.
Já há muitos anos se solidifica a percepção de que o racismo está arraigado em nossa sociedade, criando desigualdades e abismos sociais: trata-se de um sistema de opressão que nega direitos, e não um simples ato de vontade de um sujeito. Reconhecer as raízes e o impacto do racismo pode ser paralisante. Afinal, como enfrentar um monstro desse tamanho? Djamila Ribeiro argumenta que a prática antirracista é urgente e se dá nas atitudes mais cotidianas. E mais ainda: é uma luta de todas e todos.
Filosofia / Não-ficção / Sociologia

Pontos de fuga
O lugar mais sombrio # 2
Milton Hatoum
Páginas: 240
Editora: Companhia das Letras
A empreitada literária O lugar mais sombrio, trilogia que acompanha a formação sentimental, cultural e política do jovem Martim durante a ditadura militar brasileira, teve início com o romance A noite da espera (2017), que se desenrola nos anos 1960 na recém-construída capital do país. Neste segundo volume, o protagonista deixa Brasília e retorna a São Paulo, sua cidade, onde ingressa na faculdade de arquitetura da USP e passa a morar numa república de estudantes no bairro da Vila Madalena — um grupo que lhe trará novas vivências e grandes companheiros para a vida.
Agora distante do pai opressor e dos amigos de Brasília, e sobretudo afastado de Dinah, a atriz militante com quem sua relação ficou estremecida, ele acompanha o endurecimento do regime autoritário no país, ao mesmo tempo que experimenta as agruras e adversidades da vida adulta, sempre assombrado pela incógnita do desaparecimento de sua mãe.
Um dos maiores nomes da literatura brasileira contemporânea, Milton Hatoum volta a mostrar neste romance a força de seus personagens e a incrível capacidade de reencenar a história com sua ficção magistral.
Ficção / Literatura Brasileira / Romance

Sobre os canibais
Contos
Caetano W. Galindo
Páginas: 200
Editora: Companhia das Letras
Estreia do premiado tradutor na ficção, este livro reúne 41 relatos desconcertantes, repletos de paradoxos e experimentações formais.
Em Sobre os canibais, as narrativas de Caetano W. Galindo ― o premiado tradutor de James Joyce, J. D. Salinger, entre outros ― desafiam qualquer tentativa de classificação. São breves instantâneos de crises existenciais, vertigens psicológicas, ressentimentos profissionais, pequenos embates conjugais. De fluxos delirantes de consciência a frias descrições de objetos artísticos, estamos no território da melhor ficção contemporânea. Galindo nos envolve nos dramas de personagens comuns, que podemos encontrar todos os dias pelas ruas das cidades, e através de uma prosa personalíssima conseguimos ter um vislumbre de suas armadilhas mentais, em que se manifestam paradoxos lógico-filosóficos e, sobretudo, impasses da linguagem. Num tom único, lúdico e íntimo, Sobre os canibais é uma joia de estilo, um dos livros mais inventivos e surpreendentes da prosa brasileira atual.
Em contos intrigantes que desafiam o leitor a ligar os pontos, e depois ligar de novo e de novo, Caetano W. Galindo inventa um idioma capaz de proezas como transitar quase sem escalas entre o riso filosófico, o engasgo lírico e o grito de terror. ― Sérgio Rodrigues
Uso pleno de inventividade de forma e imaginação, uma seríssima brincadeira com a linguagem. ― Mauricio Lyrio
Contos / Ficção / Literatura Brasileira

Biblioteca H. P. Lovecraft
O chamado de Cthulhu e outras histórias # 1
H. P. Lovecraft
Páginas: 448
Editora: Companhia das Letras
Primeiro volume da coleção que publicará as histórias completas de Lovecraft, o escritor que revolucionou a literatura de horror.
Nascido em 1890, Howard Phillips Lovecraft revolucionou o gênero literário do horror ao inserir em suas histórias elementos típicos da fantasia e da ficção científica. Com um estilo de escrita único, por vezes de vocabulário e ortografia conservadores, Lovecraft elevou o terror a um patamar literário poucas vezes visto. Assim como Edgar Allan Poe no século XIX, Lovecraft é visto por autores como Neil Gaiman, Joyce Carol Oates e Stephen King como um dos principais autores de terror do século XX.
Neste primeiro volume da série Biblioteca Lovecraft, traduzida e organizada por Guilherme da Silva Braga, encontramos textos clássicos como O chamado de Cthulhu e A sombra de Innsmouth, e também textos menos conhecidos como Dagon (espécie de breve preâmbulo aos mitos de Cthulhu).
Lovecraft abriu o caminho para a minha escrita. — Stephen King
Ler Lovecraft é como ter em mãos um mapa para o horror. — Neil Gaiman
Contos / Fantasia / Ficção / Ficção científica / Horror / Literatura Estrangeira / Terror

A idade de ouro do Brasil
Páginas: 216
Editora: Alfaguara
Uma disputa de poder entre a convenção política e o submundo das travestis paulistanas é o centro deste romance altamente profético e atual.
Estamos em 2009. Lula segue no auge do poder, o Brasil compõe o grupo dos BRIC e os poços do pré-sal começam a jorrar otimismo. Em uma mansão no interior de São Paulo, durante os feriados de Páscoa, seis políticos e empresários bem-sucedidos se reúnem para articular a criação de um novo partido. Usando a estrutura partidária, esses homens almejam acesso fácil aos cofres do Estado, com um olho no porvir alvissareiro.
Sonha-se com aquilo que finalmente vai se tornar real: a idade de ouro do Brasil. O encontro tem tudo para dar certo, não fossem dois imprevistos. Primeiro, a visita de um ex-capitão do exército, que os colocará em xeque. Depois, a entrada em cena das Afrodites da Pauliceia, trupe de travestis exuberantes. Sob o comando da veterana Vera Bee ― professor universitário durante o dia, que à noite se monta e fornece cocaína à clientela ―, elas são convidadas para alegrar o final dos trabalhos. Nas noites de excesso que se seguem, os antagonismos se acirram. O poder, disputado a ferro e fogo, apontará para um caminho tragicômico, em que não há heróis, nem inocentes. O Brasil vai acordar do seu sonho esplêndido.
Ficção / Literatura Brasileira / Romance

A elite na cadeia
O dia a dia dos presos da Lava Jato
Wálter Nunes
Páginas: 278
Editora: Objetiva
A rotina dos presos da Lava Jato na carceragem da Polícia Federal e no Complexo Médico Penal, em Curitiba. Nesta reveladora investigação jornalística, Wálter Nunes descreve o dia a dia na cadeia de empreiteiros, altos executivos, políticos e doleiros como Lula, Eduardo Cunha, Alberto Youssef, Marcelo Odebrecht, Nestor Cerveró e Renato Duque.
A operação Lava Jato, considerada a maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro do Brasil, foi deflagrada em março de 2014 pela Justiça Federal, em Curitiba, e logo o Ministério Público expôs um imenso esquema de corrupção envolvendo Petrobras, partidos políticos e empreiteiras. A condenação e efetiva prisão de importantes figuras públicas inaugurou novos paradigmas em nosso contexto sociopolítico.
O jornalista Wálter Nunes, da Folha de S.Paulo, investiga a rotina de altos executivos e políticos dentro da cadeia desde 2014. Em conversas com agentes federais e penitenciários, advogados, jornalistas, além dos próprios presos e de seus familiares, levantou inúmeras histórias que, juntas, compõem um ainda pouco conhecido retrato da vida da elite tanto na carceragem da Polícia Federal quanto no presídio.
Como é o cotidiano desses presos? O que é permitido e o que não é, como é sua alimentação, como se exercitam, como é a convivência com outros presos, carcereiros, advogados e a imprensa, seu estado emocional e físico. Fruto de uma cuidadosa apuração, A elite na cadeia responde a todas essas questões de modo muito esclarecedor.
Ao mostrar as intrigas palacianas agora no ambiente inóspito de uma cadeia, Wálter Nunes traça um perfil detalhado não só de nossas elites como da imensa desigualdade social brasileira, espelhada num sistema penitenciário cruel e que, decididamente, não trata a todos da mesma forma.
Política
Iludidos Pelo Acaso

A Influência Da Sorte Nos Mercados E Na Vida
Nassim Nicholas Taleb
Páginas: 328
Editora: Objetiva

Edição revista e ampliada. Do mesmo autor de A lógica do cisne negro e Antifrágil, um clássico que vai mudar sua maneira de pensar sobre os negócios e o mundo. Considerado pela revista Fortune um dos livros mais inteligentes de todos os tempos. O que faz algumas pessoas serem mais bem-sucedidas que outras? Tem relação com habilidade e estratégia ou pode ter influência de algum fator que foge ao nosso controle? Iludidos pelo acaso é sobre sorte — ou, mais precisamente, sobre como a encaramos nas nossas experiências pessoais e profissionais. Nassim Taleb apresenta insights sobre essa variável nebulosa das nossas decisões e, para isso, usa exemplos do mercado financeiro — área em que supostamente a sorte pode ser confundida com habilidade. Às vezes a performance de um empresário de visão ou de um trader talentoso pode ser mais influenciada pelo acaso do que pela habilidade. É claro que temos a tendência de acreditar que eventos não acontecem ao acaso e tentamos encontrar razões onde nenhuma razão existe, mas este best-seller irreverente acaba com essa nossa ilusão. Eleito o melhor livro de negócios do ano pelo Financial Times. “Esta obra é para o saber convencional de Wall Street quase o mesmo que as 95 teses de Martinho Lutero foram para a Igreja católica.” Malcolm Gladwell, The New Yorker “Um livro excelente e intelectualmente estimulante […] e divertido.” Financial Times Cover design or artwork by Foresti, Eduardo
Negócios e Empreendedorismo




Vermelho, Branco e Sangue Azul
Casey McQuiston
Páginas: 392
Editora: Seguinte
O que pode acontecer quando o filho da presidenta dos Estados Unidos se apaixona pelo príncipe da Inglaterra?
Quando sua mãe foi eleita presidenta dos Estados Unidos, Alex Claremont-Diaz se tornou o novo queridinho da mídia norte-americana. Bonito, carismático e com personalidade forte, Alex tem tudo para seguir os passos de seus pais e conquistar uma carreira na política, como tanto deseja.
Mas quando sua família é convidada para o casamento real do príncipe britânico Philip, Alex tem que encarar o seu primeiro desafio diplomático: lidar com Henry, irmão mais novo de Philip, o príncipe mais adorado do mundo, com quem ele é constantemente comparado ― e que ele não suporta.
O encontro entre os dois sai pior do que o esperado, e no dia seguinte todos os jornais do mundo estampam fotos de Alex e Henry caídos em cima do bolo real, insinuando uma briga séria entre os dois.
Para evitar um desastre diplomático, eles passam um fim de semana fingindo ser melhores amigos e não demora para que essa relação evolua para algo que nenhum dos dois poderia imaginar ― e que não tem nenhuma chance de dar certo. Ou tem?
Ficção / Humor, Comédia / LGBT / GLS / Literatura Estrangeira / Romance

Ascensão
Stephen King
Páginas: 144
Editora: Suma
Uma história fascinante, curiosa e comovente sobre um homem cujo misterioso problema ajuda os habitantes de Castle Rock a superar as diferenças e se tornar uma comunidade.
Scott Carey tem muito em que pensar ― o projeto enorme que pegou no trabalho; o casal lésbico que mora na casa ao lado e o cachorro delas, que insiste em fazer as necessidades no seu quintal; e a súbita e inexplicável perda de peso das últimas semanas.
Apesar de não querer ser estudado e examinado, Scott decide compartilhar a questão com seu velho amigo, o dr. Bob Ellis. Afinal, apesar dos números decrescentes na balança, sua aparência continua a mesma ― além disso, seu peso não varia quando está nu ou usando roupas pesadas, quando está de mãos vazias ou carrega algo no colo.
Não importa o que ele faça ou coma, Scott está cada vez mais leve ― embora não mais magro ―, e conforme seu peso se aproxima de zero, ele sabe que logo nada vai prendê-lo ao chão.
Scott não quer se preocupar com o que vem pela frente; ele ainda tem tempo para resolver todas as suas questões antes do Dia Zero, e por que não começar pelas mais difíceis? Por exemplo, encarando o preconceito que suas vizinhas têm sofrido da comunidade ― e dele ― e fazendo o possível para ajudar.
Amizades improváveis, a maratona anual da cidade e a misteriosa condição de Scott são a fórmula para grandes transformações. Incrivelmente alegre e profundamente triste, Ascensão é um verdadeiro antídoto para nossa cultura intolerante.
Fantasia / Ficção / Literatura Estrangeira / Suspense e Mistério / Terror
As Sombras de Outubro
Søren Sveistrup
Páginas: 416
Editora: Suma
É outubro e a neve de outono começa a cair em Copenhagen, deixando os dias mais curtos e as noites mais sombrias... e pelas ruas geladas e escuras, um psicopata aterroriza a cidade. Em uma manhã tempestuosa em um tranquilo bairro de Copenhagen, a polícia faz uma descoberta sinistra: o corpo de uma mulher brutalmente assassinada, com uma das mãos faltando. Sobre ela está pendurado um pequeno boneco feito de castanhas. O caso é entregue à ambiciosa detetive Naia Thulin e a seu novo parceiro, Mark Hess, um investigador introspectivo que acabou de ser expulso da Europol.
Logo se descobre uma evidência ligando o sr. Castanha a uma garota desaparecida há um ano: a filha da política Rosa Hartung. O homem que confessou tê-la sequestrado e assassinado está atrás das grades e o caso foi encerrado há tempos ― e qualquer insinuação contrária causa disputas e inimizades na corporação. No entanto, quando novas vítimas e novos bonecos aparecem, Thulin e Hess acham cada vez mais difícil ignorar a conexão entre o caso Hartung e o novo serial killer.
Mas que conexão seria essa? E como impedir o assassino de continuar sua caçada, se ele parece sempre um passo à frente da polícia?
As Sombras de Outubro traz o melhor do estilo thriller noir, acrescentando ao suspense clássico uma boa dose de energia. Sveistrup retrata seus personagens com sensibilidade e mostra como romances policiais podem fazer críticas contundentes às realidades sociais.
Crime / Ficção / Literatura Estrangeira / Suspense e Mistério

Heimat: Ponderações de uma alemã sobre sua terra e história # 1
Nora Krug
Páginas: 288
Editora: Quadrinhos na Cia

Best-seller na Alemanha e vencedor do National Book Critics Circle na categoria autobiografia, Heimat é um romance gráfico brutalmente tocante sobre identidade, história e o significado da palavra “pertencer”.
“Uma paisagem ou localidade real, imaginária ou construída, à qual uma pessoa associa uma sensação imediata de familiaridade.” Esse é o significado da palavra alemã “heimat” que neste livro se combina a uma pergunta-chave: “Como saber quem você é sem entender de onde você veio?”.
Nora Krug nasceu décadas após a queda do regime nazista, mas a sombra da Segunda Guerra Mundial parecia sempre à espreita durante sua juventude. Ela, no entanto, sabia pouco sobre o envolvimento de sua família na guerra, seus pais e avós nunca falavam sobre isso. Depois de doze anos vivendo nos Estados Unidos, decidiu que precisava olhar para trás e, principalmente, fazer as perguntas que nunca tinha feito. De volta à Alemanha, Krug visitou arquivos, realizou pesquisas e entrevistou familiares, descobrindo histórias como a de seu avô materno, que foi mecânico e motorista durante a guerra, e a do irmão de seu pai, Franz-Karl, que morreu ainda adolescente quando era soldado da SS.
O resultado é um livro único, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto ao mesmo tempo que apaga as fronteiras entre diário, narrativa em quadrinhos e caderno de colagens e anotações. Enquanto Krug mergulha na hora mais escura do século XX e tenta entender o lugar de sua família nisso tudo, somos levados por um relato incisivo, perturbador, uma obra sem igual no universo das HQs.
“Em um irresistível álbum de desenhos e colagens repleto de acertos de contas com o passado, Nora Krug narra a história da sua família com a franqueza das imagens e da escrita e um desamparo perturbador, que encontra ecos hoje em nossa vida. Heimat é precioso, saboroso e ― nem é preciso dizer ― altamente recomendado.” ― Chris Ware
“Neste extraordinário livro de memórias, a autora disseca o antissemitismo no passado de sua própria família e a culpa nacional alemã sobre o Holocausto – além de refletir sobre a recente volta à cena da extrema direita ao redor do mundo.” ― The Guardian
HQ, comics, mangá

A água e a águia
Mia Couto
Páginas: 32
Editora: Companhia das Letrinhas

Uma história sobre o poder das palavras e sua relação intrínseca com a natureza, contada por um dos maiores escritores de língua portuguesa.
Em um tempo antes do nosso, as águias dominavam os céus e viviam em comunhão com a terra e a água. Com esta última, elas tinham uma relação ainda mais especial e, assim, nunca ficavam com sede. Até o dia em que parou de chover e, para evitar uma grande catástrofe, as águias recorreram ao próprio nome para criar água: tiraram o “i” dele, e assim a água voltou a surgir.
“Neste delicadíssimo A água e a águia, uma fábula poético-ecológica, em que as letras e as palavras são tão concretas quanto as montanhas e os rios, Mia Couto nos oferece uma visão da poesia e da natureza que não deixa margem para dúvidas: na sua origem, elas estavam entrelaçadas.” — Fabricio Corsaletti
Ficção / Infantil / Literatura Estrangeira

Que semana!
Carl-Johan Forssén Ehrlin
Páginas: 48
Companhia das Letrinhas

Mário é um garoto como qualquer outro. Ele gosta de subir em árvores, andar de bicicleta e brincar com os amigos. Sua família acaba de se mudar para uma cidade nova e, na primeira semana após a mudança, Mário experimenta muitas emoções que nunca havia sentido até então – é uma semana bem difícil! Mas, felizmente, o menino tem pessoas ao seu redor que podem ajudá-lo a processar esses novos sentimentos e ele logo aprende a lidar com a saudade, a dor, o medo...
Através de técnicas de psicologia comportamental e de comunicação, este livro vai dar ao seu filho as ferramentas necessárias para lidar mais facilmente com as situações difíceis que surgem no dia a dia. Além disso, também vai mostrar a você, adulto, como se comunicar com mais efetividade para ajudar as crianças a passar pelos momentos tumultuados da vida.

Robinson
Peter Sís
Páginas: 56
Editora: Companhia das Letrinhas

Neste livro inspirado em um acontecimento de sua infância, o premiado autor e ilustrador Peter Sís narra as aventuras de um garoto que adora a história de Robinson Crusoé.

Depois de se vestir de Robinson Crusoé para uma festa a fantasia na escola, um menino vai parar em uma ilha deserta e misteriosa. Será que ele vai conseguir se virar sozinho como o herói de sua história favorita? O que acontecerá quando piratas invasores ameaçarem sua tranquilidade?
Neste livro, Peter Sís mistura lembranças de sua infância à clássica aventura de Robinson Crusoé, criando um universo tão mágico e abundante quanto a ilha do marinheiro mais conhecido da literatura.


2 comentários:

  1. Ótimos lançamentos. Stephen King ❤❤

    ResponderExcluir
  2. I want to thank Dr Emu a very powerful spell caster who help me to bring my husband back to me, few month ago i have a serious problem with my husband, to the extend that he left the house, and he started dating another woman and he stayed with the woman, i tried all i can to bring him back, but all my effort was useless until the day my friend came to my house and i told her every thing that had happened between me and my husband, then she told me of a powerful spell caster who help her when she was in the same problem I then contact Dr Emu and told him every thing and he told me not to worry my self again that my husband will come back to me after he has cast a spell on him, i thought it was a joke, after he had finish casting the spell, he told me that he had just finish casting the spell, to my greatest surprise within 48 hours, my husband really came back begging me to forgive him, if you need his help you can contact him with via email: Emutemple@gmail.com or add him up on his whatsapp +2347012841542 is willing to help any body that need his help.
    For more details about Dr Emu visit his Website: http://emutemple.website2.me/

    ResponderExcluir

Vamos ficar super felizes com seu comentário.
Já estamos até sentindo sua falta!
Volte logo tá?
Bjão
Equipe Cia do Leitor